Jump to content

Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation on 04/08/17 in all areas

  1. 1 point
    já tentou com rmdir('caminho')? a pasta tem que tá vazia. se tiver arquivo tem que excluir antes com o unlink que é para excluir arquivo e não pasta
  2. 1 point
    Vê se ajuda: SELECT * FROM offtopic LIMIT 10 OFFSET 2; O parâmetro OFFSET é exclusivo, logo quando indicas a posição 2, quer dizer que vai seleccionar N registos a partir do terceiro (no exemplo N = 10). Exemplo. Documentação do SELECT.
  3. 1 point
    Com jQuery é relativamente simples. E sim, a lógica é mesmo usar as funções parent() e siblings() ou find(). O "truque" é usar um selector que diz qual o elemento TD específico que queres obter, :eq(). Segue o código: $(document).ready(function() { $("button").click(function() { var contact = $(this).parent().siblings("td:eq(1)").text(); alert(contact); }); }); Como diz na documentação, o selector eq é zero-based. Logo, usa-se "td:eq(1)" para obter o conteúdo do segundo elemento TD. Exemplo.
  4. 1 point
    E se eu precisar do IMAP? Isto não tem muito sentido, claro em linha de comando, no caso Arterisan raramente vou usar e-mail, mas aonde trabalho por exemplo eu tenho um processo em CRON que lê a INBOX de uma caixa especifica para criar mensagens personalizadas de autoresposta fora do horário comercial. Laravel por si só é um devorador de memória, no geral ele gasta em média de 7mb ou mais (dependendo da complexidade do controller e model). Agora sobre o comando artesian demorar 5 segundos é durante a manutenção? Ou esta fazendo isto direto na produção? Porque se estiver não me parece um bom caminho, existe ambiente de homologação e desenvolvimento para isto, se esta mexendo diretamente na produção eu devo lhe alertar, prefira não fazer isso
  5. 1 point
    Entendi, o que você quer é fazer o relacionamento entre as tabelas, digamos você tem como mostrar como estas são? Talvez o CREATE TABLE. Se não tiver as tabelas recomendo que leia isto primeiro Qual é a diferença entre INNER JOIN e OUTER JOIN? Entender a diferença é relativo para o caso especifico creio que vá necessitar apenas do innerjoin. Ainda sim @jamesbond, se você não tiver as tabelas ou algo assim amanhã (hoje) tento preparar um exemplo pra ti e mostro também como criar o querybuilder pelo Eloquent
  6. 1 point
    Não tem nada de mysql no teu código, sabe usar mysqli ou PDO? Uma outra duvida precisa mesmo gerar o RTF ou só quer imprimir?
  7. 1 point
    Se quer dizer imprimir em papel o PHP não faz este tipo de coisa, ele é uma linguagem do lado do servidor (server-side) e não tem acesso a máquina do usuário, a página que é exibida para o usuário de um "pagina.php" na verdade foi processada no servidor e enviada ao navegador só depois de processada. Não vejo porque tem que gerar um RTF só para imprimir, seria mais fácil simular um arquivo RTF usando HTML e CSS e então usar a função javascript window.print Exemplo: <!DOCTYPE html> <html> <head> <title>pagina</title> </head> <body> Conteudo <script type="text/javascript"> window.onload = function () { window.print(); }; </script> </body> </html> Agora se forem arquivos RTF reais armazenados no servidor você pode usar o https://github.com/henck/rtf-html-php (eu não testei), assim por exemplo: require_once 'rtf-html-php.php'; $reader = new RtfReader; //Pega o conteudo do seu RTF que esta armazenado em algum lugar do servidor $rtf = is_file('localizacao/do/seu/arquivo.rtf') && file_get_contents('localizacao/do/seu/arquivo.rtf'); if ($rtf) { $result = $reader->Parse($rtf); if ($result) { echo $result; echo '<script>window.print();</script>'; } else { echo 'Falha ao fazer o parse'; } } else { echo 'Falha ao ler o arquivo'; }
  8. 1 point
    Não sou entendido de Laravel e também preciso lhe dizer que entre o Laravel 5.1, 5.2, 5.3 e 5.4 as coisas mudam bastante, não tenho certeza se o ORM deles muda muito, pelo doc parece estar ainda bem compatível, então irei citar me baseando no 5.4 (pois você não citou a versão). Não há problema algum em fazer isto olhando do ponto de vista: Lider::where('id', '=', '5')->get(); No entanto eu pessoalmente acho bastante desnecessário pegar o resultado todo e depois usar o `count($resultado)`, o proprio Eloquent tem um método chamado `::cout()`, poderia fazer assim: public function add($pGrupo, $pPessoa) { $idDoLider = 5; // talvez a sessão, o que me parece apropriado $grupo = new Grupo(); $lider = Lider::where('id', '=', $idDoLider)->count(); if (count($lider)) { $grupo->grupoID = $pGrupo; $grupo->pessoaID = $pPessoa; $grupo->liderID = $idDoLider; $grupo->save(); } } Também vale notar que poderia usar, além do método `save`, os métodos firstOrCreate e firstOrNew. - firstOrCreate a irá tentar retornar os dados do banco do primeiro item localizado, se não encontrar tenta persistir no banco e retornará o Model, conforme exemplo da doc: $flight = App\Flight::firstOrCreate(['name' => 'Flight 10']); - firstOrNew irá tentar retornar os dados do banco do primeiro item localizado, se não encontrar irá retornar um Model, mas não irá persistir no banco, o que pode ser interessante se antes de usar o "save" você quiser ajustar algo nos dados, conforme exemplo da doc: $flight = App\Flight::firstOrNew(['name' => 'Flight 10']); Outro detalhe é que o "get" retorna um objeto como array (ou algo "iterável"), no caso se fizer a consulta no where por um ID principal é porque pretende apenas trazer os dados de uma única linha, se usar "get" como citei terá que usar o for, foreach, etc, mas se algo invés disto pode usar o "->first();" que irá retornar o Model diretamente, seria algo como: Pessoa::where('id', 98)->first(); Além do first, firstOrCreate e firstOrNew existe um método muito útil, imagine que quer exibir uma página de perfil de um cliente ou usuário, se ele não existir você provavelmente iria colocar uma página de erro e talvez usar um código HTTP, o Eloquent tem um método chamado `->firstOrFail();`, ou seja se não encontrar o que procura ele irá emitir uma exception chamada "Illuminate\Database\Eloquent\ModelNotFoundException" o que vai emitir um código 404 para o cliente (navegador) e se tiver páginas de erro customizada no Laravel poderá direcionar.
  9. 1 point
    https://www.google.com.br/webhp?q=definição+de+numero+primo
  10. 1 point
    Nunca mexi com Raspberry, mas sempre vejo isso com uso de Python ou C/C++. Mas como disse @brcontainer, não adianta saber qual linguagem usar, se não saber o que fazer com ela.
  11. 1 point
    Não é a linguagem que fará tanto a diferença, escolha a que se sente melhor (obs: creio que JS não tem suporte para isto, talvez com Node.js, talvez você esteja se referindo ao Java, que é algo totalmente diferente e sem relação alguma). Se não conhecer o básico da programação escolher a linguagem não vai lhe ajudar, tanto em programação quanto eletrônica o principal é conhecer os "operadores", se não entende nada de programação "escolher a melhor" não vai fazer diferença alguma. Então primeira aprenda a programar (nesse passo é que você irá escolher a linguagem que mais lhe agrada) pois qualquer esforço sem isto será inútil. Creio que quase qualquer linguagem que consiga usar a API dele será uma linguagem funcional para o aparelho, para resumir o Python tem uma lib que pode ser instalada via PIP que facilita um pouco https://pypi.python.org/pypi/RPi.GPIO, mas é apenas um exemplo, não estou indicando Python e nem outra linguagem, pois isso realmente não leva a muita coisa, o foco é estudar mesmo
  12. 1 point
    @Isabela Beatriz seja bem vinda ao fórum! Seja mais específica na sua dúvida e poste o que você já fez, dessa maneira fica mais fácil para o pessoal tentar ajudar. Também existe a busca do fórum para ajudar você.
  13. 0 points
    Boa noite, galera, tudo tranquilo? Sou novo na área de programação, e principalmente em Php/MySQL rsrs. Há alguns meses, me meti a fazer um sistema de chamadas para o Cursinho do qual sou coordenador. Ele funciona, mas venho tendo alguns problemas de performance e velocidade do registro dos dados no banco de dados, e se vocês pudessem me auxiliar a dar uma acelerada nisso eu ficaria muito grato. Antes de qualquer coisa, vou explicar por cima como funciona: Existe uma tabela principal, com o nome de chamadas, que guarda o registros de todas as chamadas realizadas no cursinho. Dentro dessa tabela, estão contidos o ID único de cada chamada, o horário, o professor que a realizou e sala. São quatro salas, e cada número (1, 2, 3 ou 4) no campo 'sala' da chamada faz que o sistema redirecione para a tabela de presenças da sala, onde cada sala tem uma tabela, para o registro das presenças dos alunos. Na tabela de presenças, em que cada sala tem uma, o sistema preenche cada linha com o ID da chamada, o RA do aluno e a presença (0 para falta e 1 para presença). Desse modo, nessa tabela, muitas linhas são inseridas por chamada realizada (por volta de 40 a 60 linhas, a depender da sala). Acontece que, quando testo com uma internet de qualidade, ou mesmo no meu localhost, a inserção desses resultados funciona muito bem, e não obtenho erro algum. Só que, na escola onde as chamadas são realizadas, a internet é apenas "navegável", e os professores têm tido alguns problemas de erros na página enquanto tentam realizar o procedimento. Dentro do script Php, as coisas funcionam mais ou menos assim: existe um IF que verifica, antes de tudo, se os dados da chamada conseguiram ser inseridos na tabela principal. Aí, caso a condição seja verdadeira, um laço while começa a inserção dos registros na tabela de presenças. E eu tenho tido alguns erros justamente nesse ponto... Em muitas chamadas realizadas na escola, o script chega a registrar a chamada na tabela principal mas não lança as presenças na outra tabela... E em outras vezes, registra os dados na tabela principal apenas de forma parcial, ou seja, preenche ID, data, e deixa o resto em branco, parando o processo todo ali... E tudo era para ser integrado, eu realmente não sei o que acontece. No meu raciocínio, primeiro o browser recolhia os dados e enviava ao servidor, e depois o servidor lançaria esses dados de uma vez, mas não parece que é isso que está acontecendo. Gostaria de saber se: é muito grave a lógica que eu utilizei? O laço while para inserir as presenças repete a query por aluno, ou seja, roda de 40 a 60 vezes executando uma query do MySql. Seria melhor eu unir essas presenças em um array e depois lançá-las com um query só na tabela de presenças? Mais uma coisa: haveria como assegurar que, se o MySql for inserir os dados na tabela principal, tem que necessariamente inserir as presenças na outra tabela? Ou seja, ou insere tudo ou insere nada... Meu maior problema não tem sido a impossibilidade de realizar essas chamadas em sala, já que os professores têm seus logins e senha e podem lançá-las para o sistema em casa, mas sim os erros que muitas vezes acontecem nas tentativas do processo e deformam o registro como foi citado acima... Bem, pessoal, eu espero que tenha ficado claro. Tô realmente engatinhando nessa área, e muitas vezes as soluções que tenho em mente, por mais que funcionem, não são as mais viáveis . Muito obrigado, e mais uma vez boa noite!
  14. -1 points
  15. -1 points
    @marsolim e @juninhogpe eu resolve da seguinte forma , coloquei esse código e deu certo, me permitiu consultar com palavras acentuadas, veja ini_set('default_charset','UTF-8'); $con -> query(" SET NAMES utf8 "); Agradeço muito a vcs pois através dos seus comentários que também são resoluções para o problema que encontrei oque estava procurando!
This leaderboard is set to Sao Paulo/GMT-03:00
×

Important Information

Ao usar o fórum, você concorda com nossos Terms of Use.