Jump to content

Pushing Box Studios

Members
  • Content count

    14
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1

Pushing Box Studios last won the day on October 19 2015

Pushing Box Studios had the most liked content!

Community Reputation

2 Comum

About Pushing Box Studios

  1. Pushing Box Studios

    Shield Surfers -Lançamento dia 30 de Janeiro!

    Senhores mil desculpas por não ter visto que vocês comentaram! Confesso que não havia visto. Handoncloudsys -Não vamos ter para windows phone pelo menos por enquanto e Marcos, muito obrigado! http://bit.ly/shieldsurfersgplay- Link para download Está lançado! Pessoal que acompanhou o projeto Shield Surfers, dá uma olhada nele finalizado. *_* O jogo já está disponível na Google Play. Se você tiver um tempo sobrando, dá uma passada lá e checa o nosso jogo! Muitíssimo obrigado <3
  2. Olá! Para quem ainda não sabe do projeto Shield surfers, devo explicar que se trata de um jogo que está sendo feito pela equipe Pushing Box Studios e durará cerca de um mês para terminar. Optamos por deixar o nosso maior projeto (Dungeon Crawler) descansar um pouco e fazer com que tenhamos um projeto de pequeno porte funcionando. Nosso desafio é conseguir fazer este jogo com o menor tempo possível. O principal motivo pelo qual escolhemos tamanha urgência é para entender como fazer jogos pequenos porém divertidos que possam gerar lucros para a empresa e portfolio. É complicado, mas dá tempo: O importante nós já temos! Uma boa equipe que está se disponibilizando 6 a 8 horas por dia para conseguir terminar o jogo. Mas nós não queremos focar simplesmente em terminar o jogo, queremos que o jogo seja divertido, por isso muitas vezes demoramos no processo de decisão no game design para agradar o máximo de fãs da Pushing Box Studios, mas vai dar certo! O projeto Shield Surfers trata­-se de um jogo arcade de fantasia­ medieval para dispositivos móveis Android, com gráficos 2D em pixel-art. O jogador controla uma equipe de 4 arqueiros que surfam em escudos em pleno o campo de batalha, combatendo um exercito de orcs. O jogo contará com chefões - Além das quatro unidades básicas, eventualmente aparecerá um Chefão. Trata-se de uma unidade mais forte que, diferente das unidades básicas que andam em linha reta, mantêm-se constantemente mudando de lane, de forma imprevisível. Vai ser bem difícil conseguir derrotar um deles, mas aposto que você conseguirá. O jogo contará com aliados (Nem tão aliados assim) - O jogo acontece em meio de uma guerra, eventualmente alguns aliados aparecerão no campo de batalha. Eles não trarão nenhum benefício aparente, porém o jogador deverá ter total cuidado para não atingi-los com uma flecha até que saiam do caminho. Caso você atinja um aliado você terá sérios problemas! Terá de reportar aos seus superiores o caso e....enfim...GAME OVER! Por isso não conte muito com eles. Podemos dizer que o Shield Surfers está tendo como base uma das cenas do filme Senhor Dos Anéis, que mostra o personagem Legolas "surfando" em um escudo e acertando seus inimigos enquanto isso. Achamos que a temática será bem divertida, por isso nós queremos dar ênfase em um jogo leve e desafiante. O jogo contará com quatro tipo de inimigos: Em Shield Surfers, o jogo se passa em um campo de batalha de uma guerra contra Orcs. O jogo contará com quatro tipos de unidades inimigas, que andam em linha reta em direção aos arqueiros. O jogo contará com quatro tipos de flecha: Flecha Comum - Uma flecha comum sempre é boa na mão de um arqueiro épico, quem dirá quatro arqueiros! Você pode acertar bastante com elas e provavelmente você irá, mas o bom mesmo ainda estar por vir. Flecha Tripla - São disparadas três flechas ao mesmo tempo! Elas tem alto alcance e são bem fortes, quer combinação melhor? Flecha Explosiva - Uma flecha com curto alcance porém a flecha mais forte do jogo, essa flecha poderá matar praticamente qualquer unidade com um tiro, exceto os chefões. Outro ponto fraco dela é sua taxa de tiros, que é lenta. Flecha Mágica - Os grandes magos da idade média lhe deram flechas mágicas! Essas flechas atravessam qualquer adversário sem muitos problemas, quem estiver na frente dela vai ter no minimo um peito furado. Você teve muita sorte de conhecer magos felizes para lhe ajudar. Para mais informações, visite a nossa página: www.pushingboxstudios.com
  3. Ideia show! A gente pode pensar nisso na versão final, Obrigado pela dica! *_*
  4. Obrigado pela sua opinião nós levaremos em consideração.
  5. ATUALIZAÇÃO DA SEMANA Projeto Dungeon CrawlerHoje estamos mostrando alguns dos monstros que terão no projeto Dungeon Crawler, todos estes foram desenhados pelo artista Lucas Rebelo. Essas referências serão atribuídas a monstros que serão pixelizados pelo Thiago Allan. Cada monstro foi desenhado de 3 formas diferentes, uma delas será escolhida para estar no projeto, as demais poderão ser aproveitadas em outra parte do projeto. 3 opções do Golem de Pedra: 3 Opções de Ogro: 3 Opções de Zombie: É importante termos diversas opções para que possamos escolher da maneira mais proveitosa os próximos monstros do jogo. Qual você escolheria?
  6. A gente não manja muito de CSS do mas dá certo! Quais locais você acha que deveríamos compartilhar o projeto? Nós agradeceríamos as dicas rs.
  7. Valeu pwnaid! Qualquer dúvida que a gente possa tirar, só mandar!
  8. Pushing Box Studios

    Shiva vs Unity - O que você acha?

    Obrigado Pwnaid! Qualquer dúvida que você tenha, pode tirar com a gente. Se soubermos a resposta será um prazer responder.
  9. Atualizações da semana Estamos atualmente, elaborando novos cenários, para isso precisamos passar por seis etapas básicas Primeira etapa – Elaboração do conceito do cenário, é importante definir como será o cenário, quais suas descrições minuciosas e porque o cenário precisa ser dessa maneira, isso implica em um texto descritivo que é elaborado pelo idealizador da ideia. Segunda etapa – Criação dos sketchs e concepts da área. Essa etapa é importante para que o modelador consiga reproduzir em 3d a ideia a partir de desenhos que geralmente são alterados até chegar em um ponto de concordância da descrição original. Sem ela, o modelador poderia se perder facilmente. Para reconstruir um modelo 3d, se não entrar em concordância com a descrição do cenário, toma bastante tempo e esforço da equipe. Terceira etapa – Modelagem em 3d do cenário. Criam-se os modelos 3d dos objetos que compõe o cenário. Com o resultado da modelagem e posicionamento dos objetos, se alcança o senso de profundidade e dessa maneira pode-se ver a cena livremente. Nessa etapa o modelador usa os sketchs e concepts para ter o norte de como deverá ficar. Quarta etapa – Texturas e materiais. Para implementar essa parte, é preciso entender que modelos 3d precisam ser texturizados para que tenham aspectos naturais. Por exemplo; caso você esteja com um modelo de rochas, você precisa criar a textura certa para colocar nele, dessa maneira os jogadores estarão mais convictos da representação dos objetos ali situados. Além disso o material fornece o comportamento do objeto diante a luz. Quinta etapa – Iluminação e Partículas. O mundo 3d não é tão real quando não se tem a iluminação adequada. Você precisa simular a luz, seja ela do sol, ou de alguma outra fonte, como um poste. Todas as luzes precisam estar bem posicionadas e emitindo as cores corretas para que se obtenha o resultado desejado. Para finalizar, efeitos de partículas dão um aspecto vivo ao cenário, simulando detalhes como: fogo, fumaça, poeira e etc. Sexta etapa – Implementação. Uma vez concluída a construção do cenário, os programadores ficam responsáveis em fazer as interações das entidades do jogo (personagens e criaturas) com o cenário e seus mecanismos. Logo, programam-se colisões entre objetos, utilização de objetos, NPCs e seus comportamentos na cena. Cenários sendo desenvolvidos: Entrada de uma das torres que se encontram no Dungeon Crawler. Cenário ainda em construção pelo Victor Feitosa. Sala superior da primeira torre no projeto Dungeon Crawler. Cenário ainda em construção pelo Lucas Rebelo. Sketch e concept artes da semana: Sketch dos possíveis baús que serão utilizados no Projeto Dungeon Crawler, criado pelo Lucas Rebelo. Sketch das possíveis tochas que serão utilizados no Projeto Dungeon Crawler, criado pelo Lucas Rebelo.
  10. Pushing Box Studios

    Shiva vs Unity - O que você acha?

    Criamos um vídeo para falar sobre a diferença entre ShiVa e Unity, o assunto aborda uma decisão delicada que tivemos de tomar para continuar o projeto Dungeon Crawler. https://www.youtube.com/watch?v=zDJKA9ghVrs Sobre o tema abordado no vídeo: Porque usar a ShiVa: É uma engine mais barata (cerca de 200 dólares a versão básica); A aplicação possui um tamanho em disco consideravelmente menor em comparação com a Unity; Possui uma fácil manipulação de materiais; A versão básica da Shiva dá acesso à efeitos de pós-processamento (Motion Blur, Bloom, Depth Of Field e etc). Porque usar a Unity: Programação orientada a objetos (C#), diferente da ShiVa que utiliza a linguagem LUA, simulando uma POO; A alta popularidade da Unity garante maior suporte da comunidade de desenvolvedores; Fácil integração com bibliotecas externas, por exemplo: plataformas de ads, banco de dados e cloud services; Suporte à jogos 2D, diferente da Shiva que trabalha puramente com 3D; Manter uma boa qualidade da interface gráfica na ShiVa pode ser trabalhoso, a Unity provê recursos mais completos; A ShiVa possui um desenvolvimento lento, sendo assim, um pouco desatualizada em relação as principais engines do mercado, como: Unity e Unreal. Links úteis: •Website da Unity - http://unity3d.com/pt/5 •Website da Shiva3d - http://www.shivaengine.com/​ O que vocês acham?
  11. Atualização da semana: Desenvolvimento do cenário O projeto contará com geração procedural de Dungeon, estamos trabalhando arduamente para conseguir cenários diversificados e chamativos. Queremos dar o máximo de diversão possível para aqueles que baixarem o jogo. A escolha de cenário sempre é uma preocupação que temos, Victor Feitosa sempre gosta de fazer diversas opções para que possamos olhar e escolher os cenários desejados. Artes da semana Sketch de algumas das torres que estão no projeto Dungeon Crawler – Victor Feitosa. SKETCH do interior das salas do Projeto Dungeon Crawler – Lucas Rebelos s​
  12. Semanalmente eu irei postar novidades do jogo aqui! Caso você tenha um interesse em conhecer mais sobre nossa empresa, você pode acessar o nosso website: www.pushingboxstudios.com
  13. Olá Masters, estou trazendo para vocês um jogo que a Pushing Box Studios vem produzindo com muito orgulho. O jogo é 100% nacional e conta com uma equipe de 5 colaboradores (3 artistas, 1 programador e 1 profissional de marketing). Pretendo sempre que possível, trazer novidades sobre o nosso projeto. Sobre o jogo: O jogo que está em desenvolvimento atualmente pela Pushing Box Studios tem como tema principal o estilo Dungeon Crawler. Ele será um jogo mobile com suporte a Android e IOS. Conta com 3 artistas entre concept, modelagem e pixel. Um programador de Unity e um agente do marketing (eu ^.^). Vamos ao que interessa: 1- O jogo não se chamará Dungeon Crawler O nome Dungeon Crawler é um estilo de jogo, algumas pessoas conhecem bem esse estilo e seu nome, mas para uma maioria que desconhece, devemos esclarecer o que se trata. Dungeon Crawler é um estilo de jogo onde o personagem principal se encontra em Dungeons (cavernas, calabouços ou masmorras) que geralmente são locais semelhantes a grandes labirintos com vários monstros para se combater e diversos tesouros para se encontrar. 2- Por que demora tanto para se concluir? Possuímos uma equipe pequena e prezamos pela qualidade do nosso trabalho. É válido lembrar que estamos em constante aprendizado, logo, melhorias consideradas fundamentais serão realizadas, o que causa incremento no escopo do projeto. Contudo, isso é interessante para o crescimento teórico e prático da empresa, assim como o valor agregado do produto final. Update 14/10/2015
×

Important Information

Ao usar o fórum, você concorda com nossos Terms of Use.