Publicidade

OmarF

Members
  • Total de itens

    73
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

9 Regular

Sobre OmarF

Últimos Visitantes

209 visualizações
  1. Acredito eu que alguns aqui devam usar esse software, e talvez saibam sobre isso porque não encontrei suporte nem do fabricante. É o seguinte... A muito tempo uso o Navicat para acessar o banco de dados MySql local (127.0.0.1) porque é uma ferramenta bem mais ágil e pratica do que o PMA pelo navegador. Porém, ele não conecta ao 127.0.0.1 quando a máquina está sem conexão com a internet. O que é nos finais de semana vou para o interior e levo o notebook para continuar trabalhando (Sim eu trabalho nos fins de semana e feriados) ; acontece que onde passo o fim de semana não pega conexão por ser região de montanha e sem antena por perto. Li em uns artigos que é questão de configurar o DNS no navcat, mas não havia informações de como fazer. Enfim alguém sabe como configurar-lo para acessar o banco de dados na máquina sem possuir conexão com a internet? Obs.: Uso o Xampp / O programa é Navcat Premium 11.0
  2. Oi bruna não sei ao exato o que deseja então veja esse exemplo: https://radmimstore.github.io/homepage/ É um menu multi level responsivo com width 100% e open source o código: https://github.com/radmimstore/homepage Sobre o bootstrap. É um framework para desenvolvimento de websites onde tudo já está mastigado só basta engolir. O problema de focar em um framework é que você se torna dependente dele, e se precisa de algo que não há possibilidades de uso com a plataforma você fica de mãos atadas porque o framework te prende a ele e só ele você pode usar. Por isso só serve em pequenos projetos específicos, ou seja projetos nada complexo e muito simples. Mas posso te garantir que não existe outro melhor o bootstrap é de longe o melhor de todos, não havendo arrependimento em usar exceto pelo caso que já mencionei. Em caso de uma pessoa que está começando a aprender querer usar um framework, não está desenvolvendo e sim plagiando sem aprender nada.
  3. O erro é o seguinte sinal igual: ( .mt=action-time ) Dê dois cliques por cima do action-time e pressione ( alt + F7 ) assim o netbeans vai procurar em todos arquivos e pastas do projeto o uso desse campo. Provavelmente isso deveria ser no css: .mt-action-time ou .mt.action-time, mas só pesquisando os usos para saber que classe css é essa.
  4. No resto os colegas já citaram...... E só para comentar... Estás a usar a IDE netBeans que já lhe informa todos erros que existem em seu código e como corrigi-los.
  5. Mais ou menos isso? Obs.: Não tratei de responsivo...
  6. Não é também querendo desanimar... Mas isso que está pretendendo fazer, a décadas já vem sendo tentado fazer pelas mentes mais brilhantes do planeta. Hoje com o avanço tecnológico digamos que é bem superior a um simples dizer "oi", softwares que são "experimentais" podem produzir ações até com atividade cerebral, que diga o grande Stephen Hawking que depende dessa tecnologia extremamente avançada. Isso sem duvida é também um marco de desenvolvimento pois se liga a robótica na produção de membros e órgãos artificiais. E sim um software é capaz de diferenciar sons e palavras, mas não sei como isso é feito isso. Imagino eu que como já disseram deverá possuir quase que uma infinidade de combinações. Enfim acredito eu que é algo muito complexo para ser feito por uma pessoa só, mesmo que ela leve anos para fazer. Como você nem sabe por onde começar, e como também me parece que não sabe nada de programação deixo um ditado que serve como conselho: Primeiro aprenda a andar depois suba a montanha.
  7. Hun................. Agora eu sei porque dizem que programador não é humano e e programação é coisa de outro mundo.....
  8. Opa!! @washalbano Muito obrigado cara. Funcionou perfeitamente... Vivendo e aprendendo, não sabia desse comando.
  9. $code = ''; $numeros = str_split('012345678901234567890', 1); for ($i = 0; $i < 4; ++$i) { $code .= $numeros[array_rand($numeros)]; } $resultado = $code . time(); echo $resultado; Duvido muito que consiga exibir o mesmo código numérico duas ou mais vezes com isso. Só que o problema é que está tentando encontrar chifre em cabeça de cavalo.... Como o Guilherme disse, é mais vantajoso e correto usar, uma chave primária auto-increment e deixar o SQL fazer a gestão dos dados.
  10. Primeiramente desculpem mas não sabia onde postar isso. Então, devo dizer primeiro que, estou começando agora a usar o htacess e tudo que sei foi baseado em exemplos que vi. Bom,... basicamente queria um ajuda na regra de filtragem... No meu index de um website coloquei um include em outro arquivo PHP dentro de uma div.class para carregar páginas por GLOBAL GET dentro dessa div, esse arquivo recebe o valor do get e faz a requisição do arquivo.php da página solicitada. Exemplo: <a href="?page=lojas">XXX</a> o arquivo que inclusão recebe o "lojas" para requisitar determinado arquivo. Então criei a regra no htacess dessa forma: Assim sendo posso deixar o link: <a href="lojas">XXX</a>, modificando a URL padrão SiteUrl/?page=lojas para SiteUrl/lojas. Mas como eu poderia passar um segundo ou terceiro filtro? Digamos que em lojas eu queira fazer a mesma coisa que fiz no index? Bom, então criei o htacess ficou assim: Assim sendo o link: <a href="?page=lojas&tab=produtos"> posso deixar assim <a href="lojas/produtos"> modificando a URL padrão SiteUrl/?page=lojas&tab=produtos para SiteUrl/lojas/produtos. No que funciona muito bem, porém ao acessar o link, tudo é carregado normalmente, exceto os dados do header do index, ou seja não carregando arquivos css nem JS, é como se eu tivesse removido todo conteúdo do header do index e acessado o site. O que eu fiz de errado? E alguém poderia me explicar porque isso acontece?
  11. Primeiramente vi que todos os links então dentro de um <li> O que vai de macha ré do objetivo de menu ul li Exemplo: <ul> <li><a href="#">Link</a></li> <li><a href="#">Link</a></li> <li><a href="#">Link</a></li> <li><a href="#">Link</a></li> </ul> Segundo a maior parte do conteúdo não precisa do PHP, portanto colocar dentro de um echo é completamante desnecessário. <!-- Isso vai se mostrado como echo "{$nivelName}"; --> <?= $nivelName; ?> <!-- Isso aqui é simples html --> <a href="?logoff=off">Menu 1 Admin</a> <a href="?logoff=off">Menu 2 Admin</a> <a href="?logoff=off">Menu 3 Admin</a> <a href="?logoff=off">Menu 4 Admin</a> Terceiro o comando echo no mais simples de se entender.... serve para mostrar o código PHP como HTML e pode se tornar recursivo evitando re-executar o comando diversas vezes em várias linhas: Exemplo: <?php echo "<p>Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua." . "Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat." . "Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur." . "Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum.</p>"; Quarto e último acredito que esteja com tamanho fora do comum é porque o código possui erros. Exemplo de 1 erro echo "<a href='cadastrar_campe.php'>Cadastrar Campe/a><br>"; echo "<a href='#'>Cadastrar game</a><br>"; O html está processando isso: echo "<a href='cadastrar_campe.php'>Cadastrar Campeecho "<a href='#'>Cadastrar game</a><br>"; Link sendo repassado dentro de outro link. Além do mais como já disseram possui erro de lógica, pelo uso de aspas simples e duplas sem orientação. E se for por razão de usar aspas duplas dentro de um echo que tem abertura e fechamento com aspas duplas: echo "<input type=\"text\" placeholder=\"Quebrei o código usando contra-barra\"/>";
  12. Eu tomo cerca de 3 litros de café por dia, e minha gastrite já nem liga mais. E de volta e meia pego uma "cervazinha" na geladeira.....
  13. Concordo com o @quimera, estude um pouco de cada, e aquilo que você ver que leva mais jeito e gostar mais segue o caminho. Mas uma coisa leva a outra pois quase tudo em programação é a mesma coisa, independente da linguagem. Se você domina bem tal linguagem, se for para aprender outra linguagem, já sabe metade do conteúdo.
  14. Não gosto de Framework, para não ficar dependente. Então seria mais ou menos isso? Nesse exemplo que criei você pode adicionar 1, 2, 3 quantos quiser que sempre vão se alinhar dentro do um bloco, aplicando o responsivo, sem usar float ao qual muitas vezes pode ficar complicado fazer manutenção no design em um futuro. Nesse caso mostro 4 caixas, onde são exibidas 2 por colunas, mas se quiser aumentar a quantidade de caixas por coluna basta que reduza o width da caixa filha
  15. Olha é só um exemplo simples, sobre POO, onde envio algo para um método de uma classe se responsabilizar pela validação dos dados. Então vamos explicar.... Primeiro eu crio o arquivo que será a classe de verificação: Checagem.class.php Então no arquivo que vai receber o post eu aplico o filtro, incluo o arquivo da classe e instancio ela, para poder acessar seus métodos: Já isso aqui é só um exemplo porque o filtro já aplicado vai pegar tudo que veio da array GLOBAL.POST: Não sendo necessário definir o que vai se o que: Ou seja... Digamos que eu tenha criado um formulário e cliquei em submeter se eu tivesse no arquivo que vai receber o post um var_dump($post); veria todos os dados da GLOBAL envelopados pelo filtro. Então agora seria a validação: Ficando mais ou menos assim o arquivo que receberia o post, mas isso aqui é só um exemplo básico