Publicidade

Paulo de Tarso F. M.

Members
  • Total de itens

    2.269
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias vencidos

    1

Reputação

22 Levemente Bom

Sobre Paulo de Tarso F. M.

  • Classificação
    -| PHP |-
  • Data de Nascimento 03-10-1983

Informações Pessoais

  • Sexo
    Masculino
  • Localização
    São Paulo/SP
  • Interesses
    Programação (PHP, Javascript/jQuery, Android), Banco de Dados MySQL, XHTML/CSS e Webstandards

Contato

  • Facebook
    https://www.facebook.com/Paulo.de.Tarso.F.M
  1. Olá pessoal! Imaginem um plugin para executar no submit dos formulários com uima estrutura assim: (function($) { "use strict"; // Configurações do plugin var settings = { mensagem: 'Mensagem padrão', }; // Métodos do plugin var methods = { init: function(options) { settings = $.extend(settings, options); // Executa o método 'show_message' no submit do formulário this.on("submit", methods.show_message); return this; }, show_message: function(msg) { // Se nenhuma mensagem for informada via parâmetro, pegamos a mensagem definida no default do plugin var text = (msg || settings.mensagem); alert(text) } }; // // Execução do plugin // ---------------------------------------------------------------- // 1. Se nenhum método específico for informado, executa o 'init' // 2. Se o método executado não existir, retorna o erro // $.fn.meuPlugin = function(config) { if(methods[config]) { return methods[config].apply(this, Array.prototype.slice.call(arguments, 1)); } else if(typeof config === 'object' || !config) { return methods.init.apply(this, arguments); // Default to "init" } else { $.error('Method ' + config + ' does not exist on jQuery.formValidation!'); } }; })(jQuery); Como eu faço para executar o método 'show_message' de qualquer lugar? Por exemplo, se eu quisesse executar esse método no click de algum link, como eu deveria montar o meu JS? $('a').click(function() { // como eu chamo o plugin aqui passando uma mensagem personalizada para o método 'show_message'? $.meuPlugin().show_message('mensagem customizada'); }); Tentei dessa forma acima mas não funciona... =/ É possível fazer isso? De que forma? Obrigado!
  2. Olá pessoal! Estou usando o plugin Bootstrap Show Password - https://github.com/wenzhixin/bootstrap-show-password Como faço para alterar os parâmetros 'default'? Normalmente podemos fazer isso quando instanciamos: $('#password').password({ [aqui colocamos as nossas alterações] ); Nesse caso é tranquilo, mas esse plugin nos permite a inicialização via data attributes, então eu não uso esse esquema acima, aí pensei: "vou colocar então as alterações direto no arquivo do plugin", e tentei algo mais ou menos assim: !function(e){"use strict";var t=function(e){var t=arguments,s=!0, [ cód. minificado ] })}(window.jQuery); // Fim do plugin $.extend($.fn.password.DEFAULTS, { eyeClass: 'fa', eyeOpenClass: 'fa-eye', eyeCloseClass: 'fa-eye-slash' }); Também tentei assim: !function(e){"use strict";var t=function(e){var t=arguments,s=!0, [ cód. minificado ] })}(window.jQuery); // Fim do plugin $.fn.password.DEFAULTS = { eyeClass: 'fa', eyeOpenClass: 'fa-eye', eyeCloseClass: 'fa-eye-slash' }; Nenhum jeito funcionou... Como extender um plugin minificado então, mas fazendo desse jeito que pretendo, uma vez que uso data attributes e também quero que a alteração seja válida para todas as instâncias? Abraço!
  3. Olá pessoal! Alguém sabe me dizer se é possível executar algum comando para "limpar" o HTML ao carregar a página utilizando o TinyMCE? O plugin "Paste" tem alguns métodos que eu gostaria fossem executados no load da página, no conteúdo que já está no textarea, ao invés de ser executado quando alguma coisa fosse colada no editor. A ideia é "limpar" o HTML "sujo" que alguns posts possuem, mas queria fazer isso usando o próprio TinyMCE justamente pelo fato de ele executar essa tarefa de limpeza muito bem ao colar conteúdos provenientes de Microsoft Word, por exemplo. Isso é possível? Abraço!
  4. Mas reforço o que já foi dito mais de uma vez: use PHPMailer! Se o objetivo de não usar essa classe for que você está tentando aprender como funciona um envio de e-mails via PHP e tals, qual seria, então, a razão pela qual você não quer utilizar essa classe?
  5. Falou tudo, Beraldo, era nesse ponto que queria chegar... Também não acho que usar o @ seja gambiarra, exatamente como acontece em situação em que não se tem controle sobre os erros e avisos que podem ser gerados. Muito obrigado pelo apoio! Abraço
  6. O que você quer obter no final e qual é o resultado atual?
  7. Muda o nome, oras... ¬¬
  8. Verifica se o array não está vazio antes de executar o foreach, sempre verifico antes de fazer o loop em qualquer array, justamente para evitar que esse warning seja gerado: if(!empty($_indoperacionais)) { foreach($_indoperacionais as [...]
  9. Olá Beraldo, Na verdade eu já mostro uma página personalizada, só mudei ali para die( ) para exemplificar mesmo, eu utilizo uma função que trata qualquer erro, enviando um e-mail com a descrição do erro para o administrador (eu, no caso hehehe) e depois exibe uma página falando que houve um erro e que o administrador já foi notificado, e que a pessoa pode tentar acessar novamente mais tarde ou oferece outras opções para o usuário. Quanto ao display errors off isso já acontece, o que eu queria mesmo era saber se existe alguma forma de não gerar o warning em ambiente de produção sem utilizar o @... Pensava que existiria alguma forma mais adequada disso ser feito, mas pelo jeito não existe, né? Outras situações que comentei que podem acontecer erros que geram warning é quando você quer, por exemplo, criar um arquivo com fopen( ) e dá algum erro de permissão: $handle = fopen('log.txt', 'w+'); Se algum erro acontecer aqui, o PHP gera o warning... Sei que posso tratar depois, e é isso que faço: $handle = @fopen('log.txt', 'w+'); if(!$handle) { // faça alguma coisa! } Mas só queria saber se existe alguma forma diferente de fazer esse tipo de tratamento sem ter que usar o @... Abraço!
  10. Olá pessoal, Não consegui encontrar uma solução para o seguinte problema, vou usar uma situação de conexão com banco de dados, mas isso pode ser aplicado a outras situações também. Em ambiente de desenvolvimento (localhost) sempre mostro tudo no PHP: erros, notices, warnings, é tudo escancarado mesmo, e obviamente quando "está no ar", nada disso deve aparecer. Pois bem, quando temos uma conexão com banco de dados, temos: // Conexão com o MySQL utilizando PDO try { $pdo = new PDO("mysql:host=".$db_hostname."; dbname=".$db_name.";", $db_username, $db_password); $pdo->setAttribute(PDO::ATTR_ERRMODE, PDO::ERRMODE_EXCEPTION); $pdo->setAttribute(PDO::ATTR_EMULATE_PREPARES, TRUE); } catch(Exception $exception) { die("Erro ao conectar o banco de dados", utf8_encode($exception->getMessage()), $exception->getLine()); }Se eu executar dessa forma, caso algum erro de conexão aconteça, antes de executar o que está na exceção (die), é gerado um Warning com a mesma mensagem exibida ali no catch. Por conta disso, como eu sei que se caso algum erro a conexão, sei que o sistema lançará a exceção e vou poder tratar o erro normalmente, entretanto, para evitar que esse warning seja gerado, eu tenho que colocar o @ na 2ª linha:$pdo = @new PDO("mysql:host= [...] Pensava que esse warning não seria gerado justamente pelo fato de estar utilizando um try/catch, mas não... Pergunta: existe como, então, evitar que esses warnings sejam gerados, uma vez que a intenção do try/catch é justamente tratar isso, mas sem ter que desabilitar a exibição de todos os warnings e também sem utilizar o @? Abraço!
  11. Apenas dando um "tapa" no seu código mesmo, veja como é difícil migrar para MySQLi: <?php ##################### ##Abrindo o Cabecario da tabela include(' CAMINHO '); $sql_01=mysqli_query($conexao, "SELECT Count(radacct.UserName), radacct.UserName, radacct.NASIPAddress, radacct.AcctStartTime, radacct.FramedIPAddress FROM radacct WHERE radacct.FramedIPAddress != '' GROUP BY radacct.UserName ORDER BY Count(radacct.UserName) DESC ") or die(mysqli_error($conexao)); $num_rows = mysqli_num_rows($sql_01); print_r ("</table><hr> Foram emcontrados $num_rows loguins diferentes.<hr>"); echo " <table border=1> <tr> <td align=center>loguin PPPoE</td> <td align=center> Concentrador IP </td> <td align=center>Contagem de conexoes </td> <td align=center>Ultima autenticacao </td> <td align=center>Ultimo IP </td> </tr> "; while ($sql_02 = mysqli_fetch_row($sql_01)){ echo " <tr> <td align=center>". $sql_02[1] ."</td> <td align=center>". $sql_02[2] ."</td> <td align=center>". $sql_02[0] ."</td> <td align=center>". $sql_02[3] ."</td> <td align=center>". $sql_02[4] ."</td> </tr> "; } ?> Alterei de mysql_fetch_array para mysqli_fetch_row, pois se você acessará os itens pelo índice numérico, não precisará do índice associativo... Agora, para efetuar a conexão com MySQLi: $conexao = @mysqli_connect("hostname", "username", "password"); if(mysqli_connect_errno()) { die(mysqli_connect_error()); } elseif(!@mysqli_select_db($conexao, "database_name")) { die(mysqli_error($conexao)); }
  12. Bom, logicamente falando, você precisa fazer o seguinte: esse cálculo precisa estar dentro do foreach de $period. Tentei montar algum exemplo mas não consegui (por questões de tempo). Nunca usei as funções DateTime, nem conhecia o DatePeriod... A comparação tem sempre que ser entre o horário que você está inserindo no loop (08:00, 09:00, 10:00, etc.) e esse horário mais 1 hora, definido assim o intervalo. Monte um array com os horários agendados e coloque dentro do foreach também: $agendamentos = array('09:37', '11:45', '12:59', '15:41'); foreach ($period as $date) { $class_risco = ''; // Percorre os horários agendados e verifica se há algum agendamento para esse intervalo foreach($agendamentos as $agendado) { // Aqui você precisa calcular se $agendado está entre $date e $date + 1, e aplica o risco if(bla bla bla) { $class_risco = ' class="risco"'; } } $new .= '<div'.$class_risco.'>'.$date->format("H:i").'</div>'; } Abraço!
  13. Utilize a função strtotime( ), ela permite efetuar cálculos com data e hora facilmente... Dá uma olhada na documentação oficial do PHP... Mas nos mostre como está fazendo para ajudarmos a melhorar seu código (e não fazer por você... -_- ). Abraço
  14. Olá pessoal, boa tarde. Estou utilizando a classe TCPDF em um projeto e me surgiu uma dúvida: é possível transformar o conteúdo de uma página criada pela própria classe utilizando métodos como $pdf->writeHTMLCell( ), $pdf->MultiCell( ), etc., em uma imagem, por exemplo? O objetivo disso na verdade é como se eu estivesse "embedando" o conteúdo, transformando tudo em uma única imagem, dessa forma seria garantido que o texto seja ser exibido corretamente em qualquer lugar, pois é uma imagem ao invés de ser texto selecionável... Não é a primeira vez que procuro sobre o assunto, por isso resolvi perguntar para os mestres... Da outra vez que eu precisei disso acabei fazendo da seguinte forma: primeiro criamos uma imagem temporária utilizando a classe WideImage, depois de criar a imagem eu a utilizo para inserir em uma página do PDF. Funciona, mas queria saber se de repente teria uma forma de fazer isso diretamente com o TCPDF, sem essa necessidade de criar uma imagem. Seria bem legal se tivesse um método $pdf->embedPage( )... Ou já existe algo parecido e eu não conheço? Abraço!
  15. Eu não uso o Chrome... Já tentei migrar diversas vezes, mas volta e meia acabo me arrependendo e volto pra raposa hehehe... Será que o console nativo do Firefox também melhorou? Vou testar depois... E se não tiver jeito, quando tiver que debugar JS, eu uso o Chrome, fazer o que, né... hehehe... Abraço!