Jump to content

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

GabrielFerrari

Google tem autorização para comprar e vender energia

Recommended Posts

Imagem Postada

O Google, gigante do mundo da internet, acaba de receber autorização da Comissão Reguladora de Energia Federal (Ferc, na sigla em inglês) dos Estados Unidos para comprar e vender eletricidade. A idéia do Google, inicialmente, é controlar o próprio consumo de energia elétrica e, em um segundo momento, entrar no mercado de eletricidade.

O documento de autorização da empresa especifica que a Google Energy LLC pode “vender energia, capacidade, e serviços suplementares a taxas baseadas no mercado”. Mas ressalta que o Google não “possui ou controla qualquer instalação de geração ou transmissão de energia”.



A autorização foi assinada na quinta-feira pela U.S. Federal Energy Regulatory Commission (FERC), agência que regula a rede elétrica nos Estados Unidos.

Além de permitir que o gigante das buscas gerencie seus próprios gastos com energia, a medida também abre caminho para que a empresa adicione a comercialização à sua rede de serviços.

O arquivo (em PDF) com a autorização deixa claro que a Google Energy, subsidiária do Google, não possui unidades geradoras ou distribuidoras de energia.

Apesar de parecer incomum, outras empresas já conseguiram autorizações similares. Em 2007, por exemplo, o Wal Mart lançou sua Texas Retail Energy, uma empresa que não só abastece as lojas naquele estado americano como também vende energia aos consumidores.

Os planos do Google, apesar de não revelados, parecem não ser voltados ao comércio de energia aos seus usuários. Há algum tempo, a empresa anuncia que seu objetivo a longo prazo é se tornar neutra nas emissões de carbono e, uma medida como essa, dá maior autonomia para se utilizar energias renováveis.

Além disso, também deve ajudar a reduzir os enormes gastos com a conta de luz que o Google tem para manter seus servidores funcionando.




FONTE

Share this post


Link to post
Share on other sites

No jpao tem projto de lei que propoem que os próprios consumidores possam se tornar fornecedores de energia.

 

Por exemplo, quem possui casas equipadas com o equipamento de energia solar, poderia vender energia excedente. E sempre há energia excedente.

Dessa forma, diminuiria a degradaçaõ do meio ambiente e problemas de falta de distribuição de energia que surgiriam no futuro próximo.

 

O governo incentiva e apóia pra que todos instalem sistema de energia solar nas suas casas.

Pelo jeito o projeto será aprovado, pois também tem apoio da estatal que fornece energia elétrica e empresas privadas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

vou colocar uma lata de leite em po ligada na tomada pra guardar e depois vender energia

 

Latas de leite Google venderiam como água... :P

Share this post


Link to post
Share on other sites

É o Google com mais uma investida para dominar o mundo... hahaha :P

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

vou colocar uma lata de leite em po ligada na tomada pra guardar e depois vender energia

 

Latas de leite Google venderiam como água... :P

 

perdeu sua chance de ficar rico

 

 

eles vao patentear hehehehehehehehe

Share this post


Link to post
Share on other sites

Isso é muito comum em empresas, até mesmo brasileiras, gerar sua própria energia

 

Semana passada estive na empresa Bio Vale que será produtora de bio combustível e pretende também gerar sua própria energia e vender o excedente

Share this post


Link to post
Share on other sites

isso é muito poco divulgad aqui

 

sempre que posso vou p/ uma pousada em Tere, e la eles tem energia solar que serve p/ um monte de coisa

 

agora eles querem por uma fonte eolica

Share this post


Link to post
Share on other sites

é caro a implantação mas a longo prazo é um otimo negocio

Share this post


Link to post
Share on other sites

×

Important Information

Ao usar o fórum, você concorda com nossos Terms of Use.