Jump to content

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Elektra

Dízimo abençoado!

Recommended Posts

Meus parabéns: Seu dízimo contribuiu para comprar um Mercedes Benz, no valor de R$ 180 mil para seu pastor. Enquanto você anda de busão, tomando encoxadas na bunda e cheirando suvaco. ALELUIA!

 

mbenz.jpg

 

 

obs: nenhum preconceito contra alguma religião, mas é público algumas exibirem fatos questionáveis.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nao, mesmo pq meu anuncio e' antigo.

Mas vai na igreja quem quer...

Share this post


Link to post
Share on other sites

O problema nem é ir na igreja, o problema é em qual igreja ir e com quais intensões. Fanatismo religioso é diferente de fé. A pessoa não tem que se enfiar 24 hrs por dia dentro da igreja e doar o fígado pra ela. Basta acreditar :/

Share this post


Link to post
Share on other sites

As religiões Cristãs, no seu âmago, instruem a humanidade no rumo do bem e da paz.

 

Dureza são distorções aceitas sem discernimento e uso abusivo de recursos.

 

 

Discreta analogia aos recursos públicos.

 

Fé se elege, voto é obrigatório.

Share this post


Link to post
Share on other sites

saca só

 

Igreja quer negar sacramentos a quem não paga o 'imposto da fé' na Alemanha

 

Governo alemão cobra tributo de cerca de 10% de quem se assume católico na declaração de rendimentos e repassa o dinheiro ao Vaticano

 

Os católicos alemães criticaram um decreto emitido na sexta-feira pela Conferência Episcopal do país que propõe que os sacramentos sejam dados somente aos fiéis que se assumem como católicos na declaração de impostos, divulgou o jornal britânico 'Guardian'.

 

No país, o cidadão pode registrar no formulário oficial de declaração de impostos qual religião pratica. Os contribuintes que assinalam que são protestantes, católicos romanos ou judeus se submetem a um imposto que varia entre 8% e 9% dos rendimentos anuais. O dinheiro desse tributo é repassado pelo estado ao Vaticano e a igrejas e sinagogas locais. Quem declarar que não pratica nenhuma religião está livre desse tributo.

 

Até a emissão do decreto, os alemães que não se declaravam formalmente como católicos podiam receber e participar dos sacramentos da igreja. Agora, só poderá ser batizado ou casar na igreja quem paga o imposto, a não ser que a pessoa obtenha uma permissão especial de um bispo. A única exceção é a benção antes da morte, que a igreja oferece tanto a católicos como a não católicos.

 

"Pagar e orar é um sinal completamente errado, na hora errada”, divulgou nesta segunda o movimento reformista ‘Nós Somos a Igreja’. O grupo disse que o decreto "mostra o grande medo dos bispos alemães e do Vaticano sobre a possibilidade de novas perdas nas receitas fiscais da igreja". A ‘União das Associações’, grupo conservador e leal ao papa, questionou o fato des católicos que não pagam o imposto serem punidos e pessoas que não cumprem com os requisitos da fé católica poderem continuar na igreja. “Então os sacramentos estão à venda e só quem paga o imposto da igreja pode receber os sacramentos?”, questionou em comunicado o grupo, acrescentando que o decreto episcopal “vai além da venda de indulgências que [Martin] Lutero denunciou no início da Reforma”.

 

Em defesa do decreto, os bispos disseram que já haviam alertado aos católicos sobre as consequências de deixar a igreja para evitar o pagamento. “É besteira assumir que alguém poderia deixar a igreja institucional e continuar a ser católico”, disse o secretário da Conferência Episcopal Alemã, Hans Langendoerfer. "Quem sai da igreja, deixa-a completamente", completou em entrevista a uma emissora de rádio católica em Colônia.

 

O número de fiéis católicos que abandonam a religião na Alemanha gira em torno de 120 mil pessoas por ano, mas nos dois últimos anos esse número subiu para mais de 180 mil fiéis depois das revelações de abusos sexuais contra crianças que abalaram a igreja no país onde nasceu o papa Bento XVI.

 

Segundo as estatísticas oficiais, o Estado repassa todo ano cerca de cinco bilhões de euros para a Igreja Católica Romana e 4,3 bilhões de euros para as igrejas protestantes.

 

source: http://veja.abril.com.br/noticia/internacional/alemanha-igreja-nao-dara-sacramentos-a-catolicos-que-nao-pagam-imposto

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Concordo em vários aspectos contigo, conheço muitos cristãos que, diariamente, praticam e cultivam tudo o que há de melhor no ser humano. Pessoas puras de coração, assim como várias outras de outras religiões. Mas também existem algumas, tanto católicas, quanto espíritas, cristãs, entre outros, que não seguem do modo correto aquilo que cada doutrina lhes impõe. Existem igrejas, templos, centros, casas, que utilizam a devoção de algumas dessas pessoas pra se sair bem. O único problema do ser humano é não dar limites àquilo que sente.

Share this post


Link to post
Share on other sites

aleluiaa

 

acho que deus enviou dinheiro para esse pastor

 

ele jamais pegaria o da igreja, foi um milagre

ou ele tem outro trabalho, fora a igreja neh?

 

^^

 

 

aleeeeeeeeeluiaaaaaaaaaaa

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vou virar pastor e fundar a minha igreja!

 

"Se Deus estivesse preocupado com dinheiro ele iria se preocupar em salvar o Banco Central e não sua vida"

Share this post


Link to post
Share on other sites

#13 sumário:

 

ator ---ô :seta: vender icecurte :seta:/> ser ex-mendigo :seta:/> vir pro japao :seta:/> ser pastor.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Vou virar pastor e fundar a minha igreja!
vai afundar a igreja.

 

uma igreja boa é aquela onde pode beber, fumar, usar drogas, pular cerca.

troca os coroinhas por umas strippers, igreja lotadaça,hehhehehe

 

Aqui tem até igreja fundada por surfista. É irado, da hora.

Share this post


Link to post
Share on other sites

"Se Deus estivesse preocupado com dinheiro ele iria se preocupar em salvar o Banco Central e não sua vida"

hauhauaha

rachei de rir hauahuahaa

 

 

Aqui tem até igreja fundada por surfista. É irado, da hora.

 

Tem igreja de tudo em que jeito mesmo.

Também, são livres de impostos, não precisa declarar nada, e pode-se lavar receber dinheiro e não declarar ¬¬

Por isso religião virou um negocio, e muito rentável por sinal....

Posso estar enganado, mas nunca vi um pastor sem carro do ano, ou até mesmo padres católicos.

Vou preferir parar por aqui, pois discutir religião é complicado pacas, não demora muito aparece um radical e chuta tudo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Aqui tem até igreja fundada por surfista. É irado, da hora.

 

IRAAAAAAAADO brother B)

 

kkkkkkkkkkkkkkkkkk

 

 

...são livres de impostos, não precisa declarar nada, e pode-se lavar receber dinheiro e não declarar ¬¬

Por isso religião virou um negocio, e muito rentável por sinal....

 

é o melhor ramo para se seguir

você abre a "empresa", tem CNPJ, não precisa declarar nada, lava recebe dinheiro, como disseram

 

se não me engano esse é o melhor ramo para se investir

Share this post


Link to post
Share on other sites

As instituições religiosas no Brasil são obrigadas a apresentar a contabilidade, porém são isentas do pagamento da renda (IR).. mas apresentar a renda é obrigatório.

 

Outros impostos e taxas públicas devem pagar, como a luz, água, energia, imposto do terreno, residencial, etc..

 

Mas só o fato de estar isento do pagamento do IR é uma benção rsss

Share this post


Link to post
Share on other sites

fora que pra abrir tem muito menos burocracia. Praticamente não precisa de alvará.

Quanto a declara, os caras mal e porcamente declaram 1% do valor recebido.

 

Acho estranho que se eu fizer uma doação, quem recebeu paga imposto e não é pouco.

Agora a igreja que recebe doações não precisa????

Share this post


Link to post
Share on other sites

×

Important Information

Ao usar o fórum, você concorda com nossos Terms of Use.