Jump to content
  • 0
Didyo

JOIN limitar registros da tabela filho por cada linha da tabela pai

Question

Olá pessoal, gostaria de saber se é possível e como limitar a quantidade de linha retornadas usando JOIN.
A ideia é limitar a quantidade de linhas retornadas da tabela filho em relação a cada linha da tabela pai.

Ex. Tenho 10 registros de imóveis na tabela_imv e cada um destes possui mais de 12 imagens na tabela_imgs (cada imagem em uma linha diferente).

Usando o LEFT JOIN gostaria que para cada imóvel fossem trazidas apenas 5 imagens usando LIMIT 5 de modo que a cada 5 imagens encontradas, a busca cessasse na tabela filho, e retomasse procurando as 5 primeiras imagens do próximo imóvel.

Desde já agradeço a atenção.

Share this post


Link to post
Share on other sites

7 answers to this question

Recommended Posts

  • 0

Olá pessoal, tive pensando em resolver a questão com algo tipo 

 

SELECT c.`cat_id` as id, c.`cat_nome_fantasia` as empresa, i.img_nome as imagem FROM `catalogo` c 
LEFT JOIN (SELECT * FROM imagens WHERE fk_catalogo_id=c.cat_id LIMIT 3) i ON c.cat_id=i.fk_catalogo_id

 

Porém a coluna cat_id na subquery  (WHERE fk_catalogo_id=c.cat_idnão é reconhecida

Sabem se existe alguma forma de mudar isso? Tipo tornar a coluna Global.

 

Então tentei

SELECT (@valor_id:=c.`cat_id`) as id, c.`cat_nome_fantasia` as empresa, i.img_nome as imagem FROM `catalogo` c 
LEFT JOIN (SELECT * FROM imagens WHERE fk_catalogo_id=@valor_id LIMIT 3) i ON c.cat_id=i.fk_catalogo_id

 

 

Porém o @valor_id parece não ter ficado setado, pois não retornou registros.

 

Por fim tentei setar a variável.

SET @valor_id:=1;

SELECT (@valor_id:=c.`cat_id`) as id, c.`cat_nome_fantasia` as empresa, i.img_nome as imagem FROM `catalogo` c 
LEFT JOIN (SELECT * FROM imagens WHERE fk_catalogo_id=@valor_id LIMIT 3) i ON c.cat_id=i.fk_catalogo_id

 

Nesse caso quase funcionou, buscou as imagens com LIMIT.

Mas, ficou preso a setar manualmente o @valor_id, ou seja, só busca as imagens do id setado, o que não teria serventia pois seria o mesmo que inserir manualmente o id dentro do SELECT contido no JOIN.

 

Alguém tem alguma ideia de como resolver?

Obrigado

Share this post


Link to post
Share on other sites
  • 0

Bem pessoal consegui uma solução simples, que não é exatamente o que procurava,
mas dá para quebrar um galho.
Vou continuar tentando encontrar a solução para a forma original que queria, usando (LIMIT) dentro do JOIN.

 

Objetivo:
Uso de 2 tabelas relacionadas 1:n onde temos vários imóveis na primeira tabela e cada imóvel possui várias imagens em outra tabela. 
Objetivo: Retornar apenas 5 imagens para cada imóvel em um SELECT com JOIN.

 

Solução provisória:
Ter na tabela imagens, além dos campos como (id, fk_id_imovel, nome_img, diretorio),
um campo ordem_imgs que deverá ser populado com números sequências iniciando no 1.

Assim no SELECT ficaria algo do tipo:

 

SELECT i.*, img.* FROM imoveis i 

LEFT JOIN imagens img ON img.fk_id_imovel=i.id AND img.ordem_imgs <=5 

 

Só para base de conhecimento:
Pode-se usar uma biblioteca JQuery  como (sortable) junto com o PHP e MySql para se ordenar as imagens arrastando-as (DRAG and Drop) no lado do cliente de modo a atualizar a sequência de números que determina a ordem das imagens na tabela do banco de dados.

Share this post


Link to post
Share on other sites
  • 0

Essa situação poderia ser escrita sem JOIN mas apenas com a cláusula WHERE certo.

 

LIMIT não pode ser usado com JOIN.

Share this post


Link to post
Share on other sites
  • 0
3 horas atrás, Bergs disse:

Essa situação poderia ser escrita sem JOIN mas apenas com a cláusula WHERE certo.

 

LIMIT não pode ser usado com JOIN.

 

Olá Bergs, realmente poderia usar o WHERE no lugar de  AND img.ordem_imgs <=5  

Ficaria: 

SELECT i.*, img.* FROM imoveis i 

LEFT JOIN imagens img ON img.fk_id_imovel=i.id 
WHERE img.ordem_imgs <=5 

 

O JOIN só permaneceria obviamente para o relacionamento das tabelas.

No caso eu dei preferencia para aproveitar o ON ao invés de usar o WHERE 

 

Quanto a LIMIT não poder ser usado com JOIN
como você disse,
eu estou cada vez mais ciente
de que possa ser impossível mesmo.

 

Acredito que por não ter uma maneira obvia de conseguir usar o LIMIT com JOIN
deve ser por não haver necessidade para isso,
afinal os DBs são bem elaborados e quando usamos chaves estrangeiras, índices,... 
imagino que o mysql já deva saber  que
o imóvel id=35 possua 12 imagens na tabela
ou que possua 5 imagens com com o campo (ordem_imgs) <=5.
Isso por causa do uso do índice, senão ele teria que 
verificar todos registros um a um para calcular isso.
Dessa forma, por já saber, é provável que ele já use o LIMIT automaticamente.

 

Suponho que é como se o mysql dissesse:  

 

"no meu índice indica 12 imagens para o id 35, encontrei elas, então encerro a busca por mais imagens com esse id e prossigo procurando as imagens relacionadas aos outros ids."

 

"no meu índice indica 5 imagens para o id 35 com o campo (ordem_imgs) tendo valor <=5, encontrei elas,
então encerro a busca por mais imagens com esse id e prossigo procurando as imagens relacionadas aos outros ids."

 

Não teria o porque após encontrar as 5 ou 12 imagens desejadas,
prosseguir verificando se encontra mais imagens
nas outras centenas ou milhares de linhas restantes na tabela.

 

Outra evidência é que ele tenha esse entendimento de quantas imagens existam relacionadas com determinado id,
é que quando usamos ON DELETE RESTRICT ele instantaneamente não permite deletar o registros que tenha outros relacionados. Será que ele varre toda a tabela para saber se tem tais registros (o que seria mais lento) ou usa os índices? Não tenho dúvidas que ele usará os índices.
 

Ou seja, o mysql é poderoso e inteligente 
e quando usamos chaves estrangeiras e índices,
ele organizará e usará os registros da melhor forma possível. 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
  • 0
1 hora atrás, Didyo disse:

 

Olá Bergs, realmente poderia usar o WHERE no lugar de  AND img.ordem_imgs <=5  

Ficaria: 

SELECT i.*, img.* FROM imoveis i 

LEFT JOIN imagens img ON img.fk_id_imovel=i.id 
WHERE img.ordem_imgs <=5 

 

O JOIN só permaneceria obviamente para o relacionamento das tabelas.

No caso eu dei preferencia para aproveitar o ON ao invés de usar o WHERE 

 

Quanto a LIMIT não poder ser usado com JOIN
como você disse,
eu estou cada vez mais ciente
de que possa ser impossível mesmo.

 

Acredito que por não ter uma maneira obvia de conseguir usar o LIMIT com JOIN
deve ser por não haver necessidade para isso,
afinal os DBs são bem elaborados e quando usamos chaves estrangeiras, índices,... 
imagino que o mysql já deva saber  que
o imóvel id=35 possua 12 imagens na tabela
ou que possua 5 imagens com com o campo (ordem_imgs) <=5.
Isso por causa do uso do índice, senão ele teria que 
verificar todos registros um a um para calcular isso.
Dessa forma, por já saber, é provável que ele já use o LIMIT automaticamente.

 

Suponho que é como se o mysql dissesse:  

 

"no meu índice indica 12 imagens para o id 35, encontrei elas, então encerro a busca por mais imagens com esse id e prossigo procurando as imagens relacionadas aos outros ids."

 

"no meu índice indica 5 imagens para o id 35 com o campo (ordem_imgs) tendo valor <=5, encontrei elas,
então encerro a busca por mais imagens com esse id e prossigo procurando as imagens relacionadas aos outros ids."

 

Não teria o porque após encontrar as 5 ou 12 imagens desejadas,
prosseguir verificando se encontra mais imagens
nas outras centenas ou milhares de linhas restantes na tabela.

 

Outra evidência é que ele tenha esse entendimento de quantas imagens existam relacionadas com determinado id,
é que quando usamos ON DELETE RESTRICT ele instantaneamente não permite deletar o registros que tenha outros relacionados. Será que ele varre toda a tabela para saber se tem tais registros (o que seria mais lento) ou usa os índices? Não tenho dúvidas que ele usará os índices.
 

Ou seja, o mysql é poderoso e inteligente 
e quando usamos chaves estrangeiras e índices,
ele organizará e usará os registros da melhor forma possível. 

 

 

Isso mesmo Join para relacionamentos, acabei confundindo. :smiley:

 

Você tem essas tabelas  e como printar elas para entender melhor o uso do operador relacional no campo ordem_imgs <=5  porque não entendi a questão do filtro pela ordem. Seria um campo do tipo Primary Key com AUTO_INCREMENT   e por ele você fez o limite?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
  • 0
6 horas atrás, Bergs disse:

Isso mesmo Join para relacionamentos, acabei confundindo. :smiley:

Você tem essas tabelas  e como printar elas para entender melhor o uso do operador relacional no campo ordem_imgs <=5  porque não entendi a questão do filtro pela ordem. Seria um campo do tipo Primary Key com AUTO_INCREMENT   e por ele você fez o limite?

 

Olá Bergs, fiz uma tabela simples apenas para demonstração. Segue em anexo uma imagem.

Quanto ao campo ordem_imgs não é do tipo Primary Key e nem AUTO_INCREMENT.

Tanto é que todos imóveis terão as imagens com a mesma numeração em sua ordem (1,2,3,4,...) havendo números repetidos, mas não para um mesmo imóvel.

 

Tem uma explicação junto a imagem.

Algo que poderia usar seria um Índice UNIQUE com os campos fk_imoveis_imv_id e img_ordem. Assim o DB não permitirá que determinado id de imóvel tenha números repetidos no campo img_ordem. 

 

Abraço e dúvidas ou sugestões não deixe de compartilhar.

 

InnerJoinComLimitImagens.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

  • Similar Content

    • By patrickjnunes1995
      Bom dia, estou tendo dificuldades em recuperar dados de uma tabela do banco de dados, pelo PHP.
      <?php require_once('conexao_bd.php'); $consulta = "SELECT * FROM table"; $con = $mysqli->query($consulta) or die ($mysql->error); echo $dado["nome"]; ?>  
      E o arquivo conexão_bd.php está ok.
       
      Não pude encontrar em nenhuma página pela internet essa solução.
       
      Quero que exiba na página PHP, valores como algum nome, gravado na tabela do banco de dados.
       
      Desde já obrigado.
    • By srs1999_
      Tópico
       
      Site em Código
      Sobre desenvolver sites sem o wordpress que ja tá tudo ali feito que seja um site dinâmico ou seja com banco de dados , APIs de pagamento, Painel para o usuário ,  além de todas  as funções que tem no wordpress e você teria propriedade pra explicar sobre detalhes mais técnicos da produção onde no wordpress só quem entende de progrqmação explicaria algum detalhe técnico 
      Então usando basicamente : 
      FRONT END 
      HTML 
       CSS 
      JAVASCRIPT 
      ALGUMA DE BACKEND COMO PHP E BANCO DE DADOS
      Pode se criar sites/sistemas tão bons ou melhores que no wordpress
       
      Fato : o proprio wordpress é feito em php e ate o proprio facebook tbm em php
      Fato 2 :  cerca de 70% dos sites são feitos em Wordpress
       
      Acho esse lance de procurar o caminho mais fácil limita muito a pessoa por exemplo é facil editar imagens no paint bem intuitivo , agora para editar no photoshop com muitas outras possibilidades  acaba sendo importante ir explorando essa elaboração mais difícil  com um mesmo objetivo. No caso do exemplo ( editar imagens )  
       
      Reflexão:
      Vale a pena se dedicar a trabalhar com a ferramenta Wordpress apenas por ser um meio rápido de ganhar dinheiro ?
      Ou trabalhar sem wordpress  usando tudo que exigido pra criar coisas originais mais que não seria tão rápido a produção. Mas creio que além dos sites feitos também geraria a possibildade de vender o sistema web criado para o cliente personalizar .
       
      Você Desenvolveria de que forma :
       Wordpress apenas ?
       
      Conhecer programação pra trabalhar 
      com  Wordpress ?
       
      Produzir tudo só com programação totalmente dinâmico sem  Wordpress?
    • By Duilio Gomes Pereira
      Tenho um banco de dados com mais de 21 mil usuários do wordpress. Como faço para deletar os usuário no  Phpmyadmin e deixar apenas 2 usuários?
       
      Pois só preciso de 2 usuários neste site.
       
      Obrigado!
    • By Duilio Gomes Pereira
      Olá!
      Tenho um bando de dados com mais de 21 mil usuários do wordpress. Como faço para deletar no Phpmyadmin e deixar apenas 2 usuários?
      Obrigado!
    • By Junior SAIZO
      Estou com uma duvida na qual não obtive solução. Tenho um objeto Array values e um array status, onde eu quero relacionar os índices do objeto Array values aos indices do array status. De modo que eu possa escrever um teste lógico onde: Se o indice 0 do objeto Array values for diferente de null (ou seja, contém valor), então o indice 0 do array status receberá o valor '1'.
      OU 
      Se o indice 1 do objeto Array values for diferente de null (ou seja, contém valor), então o indice 1 do array status receberá o valor 1.
       
      Por exemplo, antes do teste lógico:
      values:[ 0 => [ 0 => "1,02" 1 => "2,032" 2 => "32,01" 3 => "0,021" ] 1 => [ 0 => "null" 1 => "null" 2 => "8,258" 3 => "1,021" ] 2 => [ 0 => "4,021" 1 => "6,258" 2 => "null" 3 => "10" ] ] status:[ 0 => "0" 1 => "0" 2 => "0" ] Após o teste lógico:
       
      status:[   0 => "1"   1 => "0"   2 => "0" ] Neste exemplo só o indice 0 do array status recebeu o valor "1", porque APENAS o array 0 do objeto Array values tinha valores diferente de null.
       
      ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
       
      O array status sempre terá o mesmo número de índices que o objeto Array values terá de arrays (Se array status tem 5 indices (0, 1, 2, 3, 4), o objeto Array value terá 5 arrays (0, 1, 2, 3, 4)). Além disso o array status sempre iniciará com os valores do indice igual a '0'. E se os valores dos indices do objeto values forem TODOS diferentes de null, cada indice do array status receberá o valor '1'.
       
      Exemplificando:

       
      <?php status:[   0 => "1",   1 => "1",   2 => "1", ] ?>  
       
      Em outro fórum obtive a seguinte resposta:
       
      <?php $aValues = [ 0 => [ 0 => "1,023" , 1 => "0,023" , 2 => "5,023" , 3 => "1" ], 1 => [ 0 => null , 1 => null , 2 => "5" , 3 => "1,87" ], 2 => [ 0 => "null" , 1 => null , 2 => null , 3 => null ] ]; $aStatus = [ 0 => 0 , 1 => 0 , 2 => 0 ]; foreach ($aValues as $chave => $values) { $status = 1; foreach ($values as $value) { // se tiver qquer valor null status recebe 0 if ($value == null) { $status = 0; break; } } $aStatus[$chave] = $status; } echo '<pre>'; print_r($aStatus); ?> Porém, quando eu executo o código NÂO é me retornado o array status com os indices com valores "0" ou "1", me retorna apenas uma nova chave FORA do array status com algum valor "0" ou "1". Tentei modificar o código ou tentar uma abordagem diferente, mas sem resultado. Vou inserir uma imagem para melhor compreensão do que o código me retorna.
       
       
      Espero ter sido claro na minha dúvida.  
      Desde já, agradeço.

×

Important Information

Ao usar o fórum, você concorda com nossos Terms of Use.