Ir para conteúdo
lucascal

Pra que usar class abstrata - PHP

Recommended Posts

Pra que a gente usa class abstrata, se, a gente "não precisa".

 

Por exemplo, o que eu faço assim:

 

<?php

abstract class Animal {
    //Atributos
    protected $peso, $idade, $membros;
    
    //Métodos
    abstract function locomover();
    abstract function alimentar();
    abstract function emitirSom();
    
    //Getters and Setters
    function getPeso() {
        return $this->peso;
    }

    function getIdade() {
        return $this->idade;
    }

    function getMembros() {
        return $this->membros;
    }

    function setPeso($peso) {
        $this->peso = $peso;
    }

    function setIdade($idade) {
        $this->idade = $idade;
    }

    function setMembros($membros) {
        $this->membros = $membros;
    }


}

 

<?php
require_once 'Animal.php';
class Mamifero extends Animal {
    //Atributos
    private $corPelo;
    
    
    //Métodos
    public function alimentar() {
        echo"<p>Mamando!</p>";
    }

    public function emitirSom() {
        echo "Som de mamífero!";
    }

    public function locomover() {
        echo"<p>Correndo!</p>";
    }
    //Métodos Getters and Setters
    
    function getCorPelo() {
        return $this->corPelo;
    }

    function setCorPelo($corPelo) {
        $this->corPelo = $corPelo;
    }
}
<?php
require_once 'Mamifero.php';
class Cachorro extends Mamifero {
    public function emitirSom() {
        echo"<p>Au!Au!Au!</p>";
    }
}

 

 

Pra que, usar a class abstrata, se eu poderia fazer o programa sem ela?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

é uma boa pergunta, mas, com ela, você saberá que métodos você precisa implementar para que seu código não dê problemas.

aqui você responde a maioria de suas dúvidas em relação a poo

 

 

Editado por Gabriel Heming
Remover quote desnecessário
  • +1 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara, acho que é a melhor didática que já vi.

Editado por Gabriel Heming
Remover quote desnecessário
  • +1 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Uma classe abstrata pode ser herdada e faz com que todas classes filhas tenham os métodos e definam os métodos abstratos independente da regra de negócio de cada classe mas mantendo o contrato.

 

Por exemplo:

  • Classe abstrata
<?php

abstract class Formater
{	
  protected $text;
  
  public function setText(string $text)
  {
    $this->text = $text;
  }
  
  abstract public function edit(); 
}

 

  • Classes herdeira
<?php

class Bold extends Formater
{
  public function edit()
  {
    return '<strong>' . $this->text . '</strong>';
  }
}
<?php

class Title extends Formater
{
  public function edit()
  {
    return '<h1>' . $this->text . '</h1>';
  }
}

Conclusão, uma classe abstrata serve também como um contrato semelhante à uma interface, só que é possível estender métodos e obriga as classes filhas à seguirem o contrato (criando os métodos definidos como abstratos).

Espero que os exemplos te ajude em algo.

[]s.

  • +1 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Uma classe abstrata ou interface funciona como um molde, e tem várias utilidades.

 

Digamos que você precise conectar ao banco de dados com MySQL. Criando um molde de uma classe abstrata primeiro, e criando a classe concreta MySQL depois que conecta ao banco, você permite que outras pessoas (ou você mesmo) criem classes concretas de conexão a Oracle, Postgree, etc.. que são classes concretas a partir de sua classe abstrata. Até dá para criar conexões falsas para servir de testes.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 minutos atrás, Kosonome disse:

Uma classe abstrata ou interface funciona como um molde, e tem várias utilidades.

 

Digamos que você precise conectar ao banco de dados com MySQL. Criando um molde de uma classe abstrata que conecta ao banco de dados primeiro, e criando a classe concreta MySQL depois, você permite que outras pessoas (ou você mesmo) criem classes concretas de conexão a Oracle, Postgree, etc.. que são classes concretas a partir de sua classe abstrata. Até dá para criar conexões falsas para servir de testes.

Infelizmente não é bem dessa forma. Você não precisa estender uma classe que efetue uma conexão com banco de dados.
Você teria uma classe que seria acoplada à classe que é responsável por conectar, mas mesmo assim não há motivos para essa classe acoplada ser abstrata para ser estendida por outros models.

Você apenas iria reutilizar métodos (select, insert, update e etc), você não tem o porque ser obrigado a ter um método especifico em todos os models.
Coisas e coisas...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
10 horas atrás, quimera disse:

é uma boa pergunta, mas, com ela, você saberá que métodos você precisa implementar para que seu código não dê problemas.

É exatamente isso, mas só para dar uma estendida na sua curta resposta...
Uma classe abstrata é usada como uma interface, a diferença é que você pode estender métodos.

 

# não mesclou

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, jamesbond disse:

Infelizmente não é bem dessa forma. Você não precisa estender uma classe que efetue uma conexão com banco de dados.
Você teria uma classe que seria acoplada à classe que é responsável por conectar, mas mesmo assim não há motivos para essa classe ser abstrata.

Corrigido, não era isso que queria ter escrito, rs..

  • +1 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 minutos atrás, Kosonome disse:

Corrigido, não era isso que queria ter escrito, rs..

Relaxa amigo, errando que se aprende :tounge_wink:.
Eu fiz questão de te responder, pois eu já cometi esses erros que você citou, diversas outras pessoas já cometeram e ainda cometem.
Mas foi errando que eu consegui ser corrigido pelo @Williams Duarte.

[]s.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
18 horas atrás, lucascal disse:

Pra que a gente usa class abstrata, se, a gente "não precisa".

 

Se você não precisa dela e está usando, está implementando errado.

 

Entenda a classe abstrata como a mescla entre uma classe concreta e uma interface.

 

Em uma interface, por exemplo, todos os métodos são públicos e abstratos, já em uma classe concreta, você não pode ter métodos abstratos. Mesclando ambas as classes, você possui uma classe que pode possuir métodos concretos e métodos abstratos, podendo ser, além de public, protected.

 

18 horas atrás, lucascal disse:

Pra que, usar a class abstrata, se eu poderia fazer o programa sem ela?

 

A primeira grande vantagem é reutilização de código entre um grupo de objetos do mesmo tipo. Visto que uma classe abstrata não pode ser instanciada, o objeto acaba contendo apenas código em comum entre as classes especializadas.
 

A segunda vantagem, é a utilização como contrato (interface) e o uso do polimorfismo.

 

O exemplo mais famoso é o de conta bancária (classes: Conta, ContaCorrente e ContaPoupança). Aonde a classe Conta é abstrata implementando todos os métodos em comum de todas as contas. Já, as demais classes (que são concretas), implementam o que é de particularidade própria.

  • +1 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como o Gabriel disse, sua implementação usando classes abstratas, está equivocada!

 

Classes abstratas faz com que você deixe seu código mais coeso e, com baixo acoplamento.

 

Um exemplo de uso na vida real, você pode ter uma classe abstrata "RepositoryAbstract" contendo todos os métodos de manipulação de banco de dados "CRUD" etc, que é comum as demais classes, assim que seu sistema for crescendo.

Através de outra Repository, você estende a  classe abstrata contendo todos os métodos.

 

class UserRepository extends RepositoryAbstract {

}

class PostRepository extends RepositoryAbstract {

}

class AddressRepository extends RepositoryAbstract {

}

Quando você estudar inversão de dependência as coisas ficaram mais claras.
Do mais é estudar mesmo, não tem subjetividade.

  • +1 1
  • -1 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É importante notar que abstração não tem nada a ver com classes abstratas da linguagem A ou B e pode ser utilizada em qualquer linguagem e até na vida, podemos usar abstração até com uma classe concreta, com JavaScript, etc.

Dito isso, ao pensarmos em abstração, logo a vida nos mostra que é a maior programadora de todos os tempos, notou que seres humanos são um tanto diferentes fisicamente? nos somos a aplicação concreta da abstração, por isso todos os seres são obrigados a comer e beber água para sobreviver, porque na classe abstrata da vida tinha os métodos abstratos comer e beber e outros concretos que são os que nosso corpo faz em segundo plano, mas a vida não fez isso separadamente para cada um, ela criou apenas um ser abstrato e fez com que outros se derivassem dele, de nossos pais até o primeiro.

 

Entenda que comer e beber são métodos abstratos que a vida delegou para o ser humano fazer sozinho, mas ela implementou suas próprias coisas concretas dentro dessa classe abstrata, por exemplo, não precisamos fazer nada para o coração bater, ele bate sozinho, isso é uma implementação concreta dentro de uma classe abstrata.

 

Tendo isso em mente, uma das coisas mais brilhantes que podemos fazer com classes abstratas é a aplicação do conceito DRY (Don't Repeat Yourself), isso quer dizer que em uma classe abstrata podemos fazer coisas que serão usadas por outras classes sem precisar que elas mesmas façam.

abstract class Humano
{
    public function __construct()
    {
        $this->baterCoracao();
    }
    
    private function baterCoracao()
    {
        // Isso é privado, faz sozinho
        // é tanto que para concertar é preciso cortar e invadir
    }
    
    abstract public function beberAgua();
    
    abstract public function comer();
}

class Lucas extends Humano
{
    public function beberAgua()
    {
        // Beba água se não morre
    }
    
    public function comer()
    {
        // coma se não morre
    }
}

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Conteúdo Similar

    • Por Lucas HirÔakíì
      Olá, estou  quebrando a cabeça para resolver este erro, 
       
      Esse código baixo deveria pegar dados de uma parâmetro de um formulário, e enviar para a variável $apelido = $_GET ["apelido"] dessa formar na linha abaixo do código jogar os dados da tabela usuarios_sigav e jogar na criacao_user, e o php me retorna a mensagem Parse error: syntax error, unexpected ')' in C:\xampp\htdocs\Homologar\solicitacao.php on line 4
       
       
      <?php
      $conexao = mysqli_connect('localhost', 'root', 'b@nco@@p', 'cr_em');
      $apelido = $_GET ["apelido"];
      $query = "INSERT INTO criacao_user (nome, apelido, gerente, gerente_2, email_p) SELECT nome, apelido, gerente, gerente_2, email_p FROM usuarios_sigav  WHERE = '{$apelido}' ");
      mysqli_query($conexao, $query);
      mysqli_close($conexao);
      ?>
       
      Quem se disponibilizar para ajudar agradeço! 
    • Por netocazuza
      Gostaria que alguém me ajudasse a encontrar erro num código. Estou fazendo um curto na net, e tentando adaptar o código que funciona para ir aprimorando a aprendizagem. Então vou colocar dois códigos aqui, onde um funciona o outro não. O que funciona é o do curso com mais campos. O que fiz foi apenas adaptar esse código que funciona para uma quantidade bem menor, e ver se funciona. Os dois códigos abre o formulário, aparentemente consultam o banco com sucesso, porém só o original está alterando, certamente por algum erro meu. Mas já olhei trocentas vezes, postei dúvida lá no curso, e o cara não responde, então tô parado na aprendizagem por conta disso. Basicamente é um formulário de cadastro de transportadoras onde o usuário altera os dados de uma transportadora através desse formulário. Esse tá funcionando tudo certinho. Tentei reproduzir esse mesmo formulário, porém apenas com dois campos (cidade e estado), e mesmo assim não funciona. Lista certinho, mas não altera, por isso acho que é um erro simples. Segue os dois códigos pra que comparem:
      CÓDIGO QUE FUNCIONA:
      <?php require_once("conexao/conexao.php"); ?> <?php     if (isset($_POST["nometransportadora"])){         $nome = utf8_decode($_POST["nometransportadora"]);         $endereco = utf8_decode($_POST["endereco"]);         $cidade = utf8_decode($_POST["cidade"]);         $estado = $_POST["estados"];         $cep = $_POST["cep"];         $cnpj = $_POST["cnpj"];         $telefone = $_POST["telefone"];         $tID = $_POST["transportadoraID"];         // CRIAR O OBJETO PARA ALTERAR         $alterar = "UPDATE transportadoras ";         $alterar .= "SET ";         $alterar .= "nometransportadora = '{$nome}', ";         $alterar .= "endereco = '{$endereco}', ";         $alterar .= "cidade = '{$cidade}', ";         $alterar .= "estadoID = {$estado}, ";         $alterar .= "cep = '{$cep}', ";         $alterar .= "cnpj = '{$cnpj}', ";         $alterar .= "telefone = '{$telefone}' ";         $alterar .= "WHERE transportadoraID = {$tID}";         $operacao_alterar = mysqli_query($conecta, $alterar);         if (!$operacao_alterar){             die("Erro na alteração!");         }else {             header("location: listagem2.php");         }     }     // Consulta a tabela de transportadoras.     $tr = "SELECT * ";     $tr .= "FROM transportadoras ";     if (isset($_GET["codigo"])){         $id = $_GET["codigo"];         $tr .= "WHERE transportadoraID = {$id} ";     }else {         $tr .= "WHERE transportadoraID = 1 ";     }     $con_transportadora = mysqli_query($conecta, $tr);     if (!$con_transportadora){         die("Erro na consulta");     }     $info_transportadora = mysqli_fetch_assoc($con_transportadora);          // Consulta aos estados     $estados = "SELECT * ";     $estados .= "FROM estados ";     $lista_estados = mysqli_query($conecta, $estados);     if (!$lista_estados){         die("erro no banco");     } ?> <!doctype html> <html>     <head>         <meta charset="UTF-8">         <title>Curso PHP INTEGRACAO</title>                  <!-- estilo -->         <link href="_css/estilo.css" rel="stylesheet">         <link href="_css/alteracao.css" rel="stylesheet">     </head>     <body>         <?php include_once("_incluir/topo.php"); ?>                  <main>               <div id="janela_formulario">                 <form action="alteracao.php" method = "post">                     <h2>Alteração de Transportadoras</h2>                     <label for="nometransportadora">Nome da Transportadora</label>                     <input type = "text" value = "<?php echo utf8_encode( $info_transportadora["nometransportadora"]) ?>" name = "nometransportadora" id = "nometransportadora">                     <label for="endereco">Endereço</label>                     <input type = "text" value = "<?php echo utf8_encode( $info_transportadora["endereco"]) ?>" name = "endereco" id = "endereco">                     <label for="cidade">Cidade</label>                     <input type = "text" value = "<?php echo utf8_encode( $info_transportadora["cidade"]) ?>" name = "cidade" id = "cidade">                     <label for="estados">Estados</label>                     <select id = "estados" name = "estados">                         <?php                              $meuestado = $info_transportadora["estadoID"];                             while ($linha = mysqli_fetch_assoc($lista_estados)){                             $estado_principal = $linha["estadoID"];                             if ($meuestado == $estado_principal){                         ?>                             <option value="<?php echo $linha["estadoID"] ?>" selected>                                 <?php echo utf8_encode($linha ["nome"]) ?>                             </option>                             <?php                             } else {                              ?>                                 <option value="<?php echo $linha["estadoID"] ?>">                                 <?php echo utf8_encode($linha ["nome"]) ?>                                 </option>                         <?php                              }                             }                         ?>                                              </select>                     <label for="cep">CEP</label>                     <input type = "text" value = "<?php echo ( $info_transportadora["cep"]) ?>" name = "cep" id = "cep">                     <label for="telefone">Telefone</label>                     <input type = "text" value = "<?php echo utf8_encode( $info_transportadora["telefone"]) ?>" name = "telefone" id = "telefone">                     <label for="cnpj">CNPJ</label>                     <input type = "text" value = "<?php echo utf8_encode( $info_transportadora["cnpj"]) ?>" name = "cnpj" id = "cnpj">                     <input type = "hidden" name = "transportadoraID" value = "<?php echo $info_transportadora["transportadoraID"] ?>">                     <input type = "submit" value="Confirmar Alteração">                 </form>             </div>         </main>         <?php include_once("_incluir/rodape.php"); ?>       </body> </html>  
      CÓDIGO QUE NÃO FUNCIONA. (Lista tudo certinho, mas não altera, nem traz o estádo pré-checado).
      <?php require_once("conexao/conexao.php"); ?> <?php     if( isset($_POST["nomeCidade"]) ) {         $nomeCidade       = utf8_decode($_POST["nomeCidade"]);         $estado     = $_POST["estados"];         $cID        = $_POST["cidadeID"];                  // Objeto para alterar         $alterar = "UPDATE cidades ";         $alterar .= "SET ";         $alterar .= "nomeCidade = '{$nomeCidade}', ";         $alterar .= "estadoID = {$estado} ";         $alterar .= "WHERE cidadeID = {$cID} ";         $operacao_alterar = mysqli_query($conecta, $alterar);         if(!$operacao_alterar) {             die("Erro na alteracao");            } else {             header("location:alterarCidades.php");            }              }     // Consulta a tabela de cidades     $tr = "SELECT * ";     $tr .= "FROM cidades ";     if(isset($_GET["codigo"]) ) {         $id = $_GET["codigo"];         $tr .= "WHERE cidadeID = {$id} ";     } else {         $tr .= "WHERE cidadeID = 1 ";     }          $con_cidade = mysqli_query($conecta,$tr);     if(!$con_cidade) {         die("Erro na consulta");     }     $info_cidade = mysqli_fetch_assoc($con_cidade);          // consulta aos estados     $estados = "SELECT * ";     $estados .= "FROM estados ";     $lista_estados = mysqli_query($conecta, $estados);     if(!$lista_estados) {        die("erro no banco");      }     ?> <!doctype html> <html>     <head>         <meta charset="UTF-8">         <title>Alteração Cidades</title>         <!-- estilo -->         <link href="_css/estilo.css" rel="stylesheet">         <link href="_css/alteracao.css" rel="stylesheet">     </head>     <body>         <?php include_once("_incluir/topo.php"); ?>                  <main>             <div id="janela_formulario">                 <form action="alteracaoCidades.php" method="post">                     <h2>Alteração de Cidades</h2>                                          <label for="nomeCidade">Nome da Cidade</label>                     <input type="text" value="<?php echo utf8_encode($info_cidade["nomeCidade"])  ?>" name="nomeCidade" id="nomeCidade">                     <label for="estados">Estados</label>                     <select id="estados" name="estados">                          <?php                              $meuestado = $info_cidade["estadoID"];                             while($linha = mysqli_fetch_assoc($lista_estados)) {                                 $estado_principal = $linha["estadoID"];                                 if($meuestado == $estado_principal) {                         ?>                             <option value="<?php echo $linha["estadoID"] ?>" selected>                                 <?php echo utf8_encode($linha["nome"]) ?>                             </option>                         <?php                                 } else {                         ?>                             <option value="<?php echo $linha["estadoID"] ?>" >                                 <?php echo utf8_encode($linha["nome"]) ?>                             </option>                                                 <?php                                  }                             }                         ?>                     </select>                     <input type="hidden" name="cidadeID" value="<?php echo $info_cidade["cidadeID"] ?>">                     <input type="submit" value="Confirmar alteração">                                     </form>                </div>         </main>         <?php include_once("_incluir/rodape.php"); ?>     </body> </html>  
       
       
       
    • Por Emerson.Oliveira
      eu tenho uma tabela assim
       
      usuario        /      valor
       
      pedro          /       0,50
      joao            /       0,50
      maria         /       50,00
      carlos       /        300,00
      marcos    /         200,00
      paulo         /       49,00
       
       
      eu quero que 100,00  então vai somar os valores em ORDEM CRESCENTE e vai me mostrar por exemplo:
       
      pedro          /       0,50
      joao            /       0,50
      maria         /       50,00
      paulo         /       49,00
       
      total: 100,00
       
       

      se poder ajudar agradeço
    • Por VHolanda
      <?php if(isset($_POST['botaoenviar'])){ $nome = $_POST['nome']; $idade = intval($_POST['idade']); $salario = floatval($_POST['salario']); if(is_string($nome)) { if (is_int($idade)) { if (is_float($salario)) { } } } else{ echo "Informe tipos válidos"; } $funcionario = array('nome'=>"",'idade'=>"",'salario'=>""); } ?> <!DOCTYPE html> <html> <head> <meta charset="UTF-8"> <title> </title> </head> <body> <form action="" method="POST"> <p>Seu nome: <input type="text" name="nome" /></p> <p>Idade: <input type="text" name="idade[idade]" /></p> <p>Salário: <input type="text" name="salario" /></p> <p><input type="submit" name="botaoenviar" value="enviar"/></p> </form> </body> </html>  
    • Por Remazela
      Caros amigos.
      Recorro a ajuda dos amigos do grupo para que possam me auxiliar ou me dar uma luz no final do túnel.
       
      Tenho uma rotina que faz um calculo de diferença de horas, como por exemplo:
      Data Início: 21/06/2018     e    Hora Início: 15:00
      Data Fim...: 23/06/2018     e    Hora Fim..: 13:00
       
      Preciso que o sistema calcule que no dia: 23/06/2018 às 13:00 -> o status da cotação passa para 2, por exemplo.
       
      Fiz uma rotina e aparentemente funciona, mas não entendo o porque algumas vezes faz o calculo e outras não.
       
      Os campos na base de dados estão assim:
      `cotaDtInicio` DATE NOT NULL , `cotaHrsInicio` TIME NOT NULL , `cotaDtFim` DATE NOT NULL , `cotaHrsFim` TIME NOT NULL , `cotaStatus` INT(1) NOT NULL  
       
      A rotina está assim:
      <?php //Paginação da página $pag = isset($_GET['pag']) ? (int)$_GET['pag'] : 1; $maximo = '10'; //RESULTADOS POR PÁGINA $inicio = ($pag * $maximo) - $maximo; $sql_pegaAtivos = "SELECT * FROM cotacao WHERE clientes_clienteId = '$userClientes_clienteId' ORDER BY cotaNumero DESC LIMIT ".$inicio.','.$maximo; try{ $query_pegaAtivos = $conecta->prepare($sql_pegaAtivos); $query_pegaAtivos->bindValue(':clientes_clienteId',$userClientes_clienteId,PDO::PARAM_STR); $query_pegaAtivos->execute(); $resultado_pegaAtivos = $query_pegaAtivos->fetchAll(PDO::FETCH_ASSOC); $count_pegaAtivos = $query_pegaAtivos->rowCount(PDO::FETCH_ASSOC); }catch(PDOexception $error_pegaAtivos){ echo 'Erro ao pegar ativos'; } foreach($resultado_pegaAtivos as $resAtivos){ $cotaId = $resAtivos['cotaId']; $cotaNumero = $resAtivos['cotaNumero']; $cotaDtInicio = $resAtivos['cotaDtInicio']; $cotaHrsInicio = $resAtivos['cotaHrsInicio']; $cotaDtFim = $resAtivos['cotaDtFim']; $cotaHrsFim = $resAtivos['cotaHrsFim']; $cotaTitulo = $resAtivos['cotaTitulo']; $cotaObserva = $resAtivos['cotaObserva']; $cotaStatus = $resAtivos['cotaStatus']; $clientes_clienteId = $resAtivos['clientes_clienteId']; $desc_categ = $resAtivos['desc_categ']; $desc_pgto = $resAtivos['desc_pgto']; //Alterar o Status da Cotação para Analisar if($cotaStatus == '1'){ //Pega o Horário Atual date_default_timezone_set('America/Sao_Paulo'); //Calcula a Data Final com a Data Atual $data_atual = date("Y-m-d"); $data_atual = strtotime($data_atual); $dataFim = strtotime($cotaDtFim); $diferenca = $data_atual - $dataFim; $dias = floor($diferenca / 86400); $faltaDias = "{$dias}"; //Calcula a Hora Final com a Hora Atual $hora_atual = date("H:i:s"); $hora_atual = strtotime($hora_atual); $horaFim = strtotime($cotaHrsFim); $diferenca = $hora_atual - $horaFim; $hora = floor($diferenca / 3600); $minutos = floor(($diferenca / 60) % 60); $segundos = floor($diferenca % 60); $faltaHora = "{$hora}:{$minutos}:{$segundos}"; if ($faltaDias == '0' && $faltaHora >= '0') { $cotaStatus = '2'; $sql_cota = 'UPDATE cotacao SET cotaStatus = :cotaStatus WHERE cotaId = :cotaId'; try{ $query_cota = $conecta->prepare($sql_cota); $query_cota->bindValue(':cotaStatus',$cotaStatus,PDO::PARAM_STR); $query_cota->bindValue(':cotaId',$cotaId,PDO::PARAM_STR); $query_cota->execute(); } catch(PDOexception $error_novaCota) { echo 'Erro ao Editar o Produto '.$error_novaCota->getMessage(); } } } elseif($cotaStatus > '1') { $faltaDias = '0'; $faltaHora = '0'; } } ?>  
      Como faço para que quando o usuário logar no sistema, possa automaticamente realizar este calculo de datas e horas ?
       
      Grato,
       
      Renato
       
×

Informação importante

Ao usar o fórum, você concorda com nossos Termos e condições.