Jump to content
lucasburg

Customizar um sistema de terceiros

Recommended Posts

Galera, minha duvida é a seguinte: existe a possibilidade de adicionar novos módulos e telas em um sistema de terceiro? Talvez estendendo as dll ou compilando outro .exe para carregar as dll.

Fico no aguardo de sugestões. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

  • Similar Content

    • By fernandoxwiggy
      Bom dia,
      Alguém já teve que desenvolver o CIOT da empresa E-frete em C#?
       
      Estou buscando exemplos de como fazer usando o web service deles (http://dev.efrete.com.br/Services/LogonService.asmx).
      Eu acredito que preciso chamar o "login" (depois o logout) dentro desse web service, mas ele é uma interface e não estou achando um exemplo de chamar um procedimento em um web service que seja um interface.
       
      Agradeço desde já se alguém puder ajudar.
    • By User386_Denilson
      e aí pessoal, blz?
       
      Vou colocar aqui minha duvida...
      Tenho um projeto em net Core 2.2, usadon mongodb. Tenho uma collection antiga (Pessoas) que o pessoal foi alimentado com muita coisa, e agora estou organizando em pessoa fisica e pessoa juridica.
      Eu faço a busca usando o filtro por id:
      public async Task<PessoaDadosCad> GetPessoaFisica(string id) { var pessoa = await passaiMongoCollection.FindAsync(pessoa => pessoa.Id == id); var data = JsonConvert.SerializeObject(await pessoa.FirstOrDefaultAsync()); PessoaDadosCad simplifiedPerson = JsonConvert.DeserializeObject<PessoaDadosCad>(data.ToString()); return simplifiedPerson; }  
      (pessoa => pessoa.Id == id) ao executar esse comando de busca, a classe vinculada é Pessoa.
      Eu queria ver com vcs se tem como não vincular uma classe no momento da busca??
      Obrigado
    • By rdavisp
      Senhores, bom dia.
      Mais uma vez recorro a ajuda de vocês para algo que não domino ainda. Vamos lá!
      Tenho uma API que quando startada, ela sobe no seguinte endereço: http://localhost:49013/api/values. Percebi que isto é parametrizado no arquivo launchSettings.json, que está assim:
       
      {   "iisSettings": {     "windowsAuthentication": false,     "anonymousAuthentication": true,     "iisExpress": {       "applicationUrl": "http://localhost:49013/",       "sslPort": 0     }   },   "profiles":    {     "IIS Express": {       "commandName": "IISExpress",       "launchBrowser": true,       "launchUrl": "api/values",       "environmentVariables": {         "ASPNETCORE_ENVIRONMENT": "Development"       }     },     "Cliente.IG.WebAPI": {       "commandName": "Project",       "launchBrowser": true,       "launchUrl": "api/values",       "environmentVariables": {         "ASPNETCORE_ENVIRONMENT": "Development"       },       "applicationUrl": "http://localhost:49012/"     }   } }  
      No meu controller da API, tenho seguinte método dentro do namespace:
       
          [Produces("application/json")]     [Route("api/IG")]     [ApiController]     public class IGController : Controller     {         [HttpPost]         public IGResult Post([FromBody] Filtro filtro)         {             var app = new IgApplication();             return app.getInstrucoes(filtro);         }     }  
      O "IgApplication" cria uma instância da classe onde é gerado uma lista que é populada com os valores atribuídos do DAO.
       
      Quando inicializo a aplicação "A" em angular através do localhost (http://localhost:4200/). Dentro do meu arquivo environment.prod.ts tenho a chamada:
       
      export const environment = {   production: true,   url: 'http://localhost:49013/' };  
      Ela passa por esse controller e segue o fluxo e faz o que tem que ser feito. 
      Porém, eis a questão! Eu possuo a aplicação "B", que acessa a mesma API porém possui funcionalidades diferente, por isso, dentro do mesmo controller eu criei uma nova classe e um método:
       
          [Produces("application/json")]     [Route("api/Item")]     public class APIIgItemController : Controller     {         [HttpGet]         public ItensResult Post([FromBody] Itens ValorItem)         {             var app = new CRUDApplication();             return app.GetItens();         }     }  
      Como faço para quando for startar a aplicação "B", ele passe por esse método "ItensResult" ao invés "IGResult", sendo que ambas são executadas pelo localhost:4200? Ou isso eu defino na aplicação angular? Vi que é possível configurar mais de uma "applicationUrl" dentro do json. Devo considerar essa configuração?
       
      Grato a quem puder ajudar!
       
    • By Manoel010953
      Bom Dia pessoal, tudo bom? Sou novo em programação e estou tentando criar uma dll no delphi. 
      Essa dll vai ser usada em uma aplicação do delphi também.
      Queria saber se é possível utilizar vetores e matrizes e como fazer isso pois eu tentei declarar como um array of array of (um tipo), mas dá erro (essas matrizes seriam parâmetros da função). Colocando só como array of (um tipo) funciona, mas ao tentar acessar a função na dll dá um access violation. Eu já havia criado essa função dentro da minha aplicação e estava funcionando, mas na dll da esse erro. Eu tentei usar um ponteiro também, mas continua dando o erro. Por favor me ajudem.
      Segue o código:
       
      library NDC_Generator; uses SysUtils, Dialogs, Classes; Type Matriz = Array of array of string; P1 = ^Matriz; {$R *.res} procedure MensagemConfirmacao(AMensagem: WideString); stdcall; begin MessageDlg(AMensagem, mtInformation, [mbOk], 0); end; function gerarcombinacoes(Mat: P1; Xb, Total, np, NumCri: integer; mp, bud: Double; Pointer: P1): string; stdcall; var i, j, k, T, a, p: integer; aux1: string; R0: Double; vetop, vmax: array of integer; matrizaj: array of array of integer; vetmax, vetmin: array of Double; vet_aux, Vetname: array of string; matrizaux1 : array of array of Double; matriz_result: array of array of String; begin setlength(vetop, np); setlength(vmax, np); setlength(matrizaj, T, np); setlength(vetmax, NumCri); setlength(vetmin, NumCri); setlength(vet_aux, T); p := 0; for i := 0 to np - 1 do begin vmax[np - i - 1] := Xb - i; end; for i := 0 to np - 1 do vetop := i + 1; vetop[np - 1] := np - 1; for i := 0 to NumCri - 1 do begin vetmin := 100000; vetmax := -1; end; i := 0; T := 0; while (T < Total) do // Gerar as combinações com np elementos begin if T <> 1 then i := np; while (i > 0) do // Verifica se alguma das posições já atingiu seu máximo begin if (i - 1) <> 0 then // Verifica se não se trata da primeira posição que atingiu seu máximo begin if (vetop[i - 1] = vmax[i - 1]) and (vetop[i - 2] < vmax[i - 2]) then begin vetop[i - 2] := vetop[i - 2] + 1; vetop[i - 1] := vetop[i - 2]; ; if (i < np) then for j := i to np - 1 do vetop[j - 1] := vetop[j - 2] + 1; vetop[np - 1] := vetop[np - 2]; break; end; // vetop end; // 0 i := i - 1; end; // while i>0 vetop[np - 1] := vetop[np - 1] + 1; R0 := 0; for k := 0 to np - 1 do R0 := R0 + StrToFloat( Mat^[vetop[k] - 1, NumCri + 1]); if R0 <= bud then begin p := p + 1; setlength(matrizaux1, p, NumCri + 1); setlength(Vetname, p); for a := 0 to NumCri - 1 do begin for k := 0 to np - 1 do matrizaux1[p - 1, a] := matrizaux1[p - 1, a] + StrToFloat( Mat^[vetop[k] - 1, a + 1] ); if (matrizaux1[p - 1, a] > vetmax[a]) then vetmax[a] := matrizaux1[p - 1, a]; if (matrizaux1[p - 1, a] < vetmin[a]) then vetmin[a] := matrizaux1[p - 1, a]; end; matrizaux1[p - 1, NumCri] := R0; a:= 0; for k := 0 to np - 1 do Vetname[p - 1] := Vetname[p - 1] + Mat^[ vetop[k] - 1,a] + ' '; end; // R0 <= Bud T := T + 1; end; // While a := 0; k := 0; for i := 0 to p - 1 do begin if mp <> 0 then for j := 0 to NumCri - 1 do begin if vetmax[j] <> vetmin[j] then begin R0 := (matrizaux1[i, j] - vetmin[j]) / (vetmax[j] - vetmin[j]); end else R0 := 1; if R0 >= mp then begin a := a + 1; end else break; end else a := NumCri; if a = NumCri then begin k := k + 1; for j := 0 to NumCri do begin setlength(matriz_result, k, NumCri + 2); matriz_result[k - 1, j+1] := floattostr( matrizaux1[i, j]); end; matriz_result[k - 1, 0]:= Vetname; end; a := 0; end; for I := 0 to k - 1 do for j := 0 to numcri + 1 do Pointer^[i,j]:= matriz_result[i,j]; MensagemConfirmacao('Foram geradas' + inttostr(k) + 'combinações!'); Result := '0'; end; exports gerarcombinacoes; end.  
    • By Good
      Boa noite,
       
      para um sistema que é muito acessado uma página básica, mas que sempre faz conexão com banco de dados apenas para ler uma informação que já é fixada, é muito raro ter uma atualização.
       
      Então, pensando em economizar e acelerar o site, pensei nestas maneiras:
       
      1. Já uso cloudflare, e ele guarda no cachê algumas informações. Pensei em gravar as informações em TXT, e sempre usar um file_get_contents (através de uma url) para ler as informações. Será que essas informações entrarão em cachê no cloudflare e poupará mais do servidor?
      2. Então usar apenas cloudflare e puxar a informação de forma local.
      3. Manter a conexão com banco de dados a cada acesso de um usuário
       
       
      Qual das 3 opções seria mais viável para milhares de conexões diárias?
×

Important Information

Ao usar o fórum, você concorda com nossos Terms of Use.