Jump to content

Klawztro

Members
  • Content count

    46
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    2

Klawztro last won the day on March 23 2018

Klawztro had the most liked content!

Community Reputation

3 Comum

About Klawztro

Informações Pessoais

  • Sexo
    Masculino
  • Interesses
    Linguagens de programação em geral, porém tenho experiência em: Javascript, PHP, C#, Python.

Recent Profile Visitors

111654 profile views
  1. Klawztro

    Bug em execução de cálculo em dispositivos móveis

    Cara, tem certeza? Criei um fiddle com teu código aqui: https://jsfiddle.net/2sqzxu8e/1/ e pelo celular não deu problema, qual erro que aparece no console? (F12)
  2. Klawztro

    PEGAR VALOR DO JavaScript E PASSAR PARA O PHP

    Salve newzenk. Você não explicou exatamente qual é a dificuldade, mas acho que está acontecendo o seguinte, você está querendo usar php depois que a página já foi carregada, o PHP é executado no servidor, que só te retorna uma página html, então, não dá pra você passar uma variável de js para um script php em uma página que já foi renderizada, mesmo pq não tem mais nada de php, só html e javascript quando a página esta carregada. O que você pode fazer para contornar isso, é "mandar a variável" para a própria página, passando como parâmetro na URL, e ai ler a variável no seu php, mais ou menos assim (isso vale pra ceps no formato XXXXX-XXX). <?php if (isset($_GET['cep'])) { $cep = array(); preg_match('/(\d{5})-(\d{3})/', $_GET['cep'], $cep); if (count($cep) != 3) { $msg_erro = "Formato do CEP inválido"; //Você pode usar essa mensagem pra colar na tela se passarem um cep inválido } else { $num_cep = $cep[1].$cep[2]; $ch = curl_init(); curl_setopt($ch, CURLOPT_URL, "https://viacep.com.br/ws/$num_cep/json"); //TROCAR ' POR " - texto com aspas simples não interpretam variáveis. curl_setopt($ch, CURLOPT_FOLLOWLOCATION, true); curl_setopt($ch, CURLOPT_RETURNTRANSFER, true); curl_setopt($ch, CURLOPT_FILETIME, true); $end = curl_exec($ch); $json = $end; $obj = json_decode($json); $txtcep_endereço = $obj->{'logradouro'}; $txtcep_bairro = $obj->{'bairro'}; $txtcep_cidade = $obj->{'localidade'}; $txtcep_estado = $obj->{'uf'}; curl_close($ch); } } ?> Novamente, você não consegue executar métodos de javascript "de dentro" de um script php. O que você pode fazer agora, é recarregar a página passando o valor do campo cep para o GET.
  3. Klawztro

    Ajax fazendo chamada para o URL incorreto

    Bom dia JermanieBall. Primeiro, essas linhas estão de fato no código, ou você traduziu para pt-br? tipo: 'DELETE', sucesso: função (dados) { // faça algo com os dados via framework front-end location.reload (); Fora isso, para você determinar o tipo de método (no caso você quer usar DELETE), você tem que usar a propriedade method ao invés de type ou tipo. type é pra definir o tipo de retorno do método se não me engano. Usa o debug do Chrome (F12) e vai na aba NETWORK e filtra apenas os XHR, acha tua request na lista e dá uma olhada no menu Headers qual a URL seu método tá usando, e verifica se a url está correta. Ou coloca um breakpoint bem na linha onde você monta sua url.
  4. Klawztro

    Executar função automaticamente no Firebase!

    Wilkens, boa tarde. Nesse caso, para que sua função execute mesmo que o aplicativo não esteja em execução, você vai precisar de uma CRON JOB se for uma máquina Linux ou utilizar o agendador de tarefas no caso do Windows.
  5. Klawztro

    Busca em tabelas relacionadas

    Camarada, se entendi o que você esta pedindo, quem vai definir em quais tabelas a consulta vai ser feita, é o php/bscCliente.php . O que essa função vai fazer, é enviar o valor que está no elemento com id nif para esse script através de um POST, com o nome nif. Para você usar esse valor no php, você poderia utilizar: $nif = $_POST['nif']; //Faça tratamento da varíavel antes de utiliza-lá. Agora, para modificar pesquisas em tabelas, você vai ter que modificar seu script php.
  6. Cara, dá pra mandar alguma parte do código? Você tá tentando acessar algum vídeo pelo localhost? É chute, mas esse código 403 é acesso negado, isso as vezes acontece quando você tenta acessar um conteúdo de um domínio externo dentro do seu site. Ex: localhost tentando acessar conteúdo de uma página http://wwwgoogle.com . Mas sem o código isso é palpite.Dai parece que por não conseguir o conteúdo da erro no objeto.
  7. Klawztro

    Retornar objeto de uma função

    Oi Julinho, boa tarde. Acho que seu problema está em você usar uma chamada ajax assíncrona dentro de um método, e fazer o retorno dentro da propriedade success do ajax. Veja bem: o return de dentro do success, não tem relação com o retorno da sua função, são coisas diferentes, mesmo você mudando valores no escopo da função dentro do ajax. Além disso, o ajax é assíncrono, então mesmo que você coloque o retorno da função, não é garantido que o ajax retorne antes da função terminar. Então eu sugiro duas modificações: function getAutoCompleteData(){ var returning = {}; $.ajax({ url: "http://localhost/apinovaguaru/", method: "POST", async: false, //Esta mudança faz com que a execução da função pare até seu ajax retornar, só assim você garante que o valor vai ser modificado antes da função terminar. data:{ type: "getclientedata", }, dataType: "JSON", success: function(data){ if(data.result == 1) { for(var i = 0; i < data.cliente.length; i++) returning[data.cliente[i].nome] = null; console.log(returning); //return returning; } } }); return returning //A varíavel foi modificada dentro do success, mas retorna no retorno da função. }
  8. Klawztro

    Erro ao verificar CPF

    Usa o debug do navegador. Qual mensagem de erro está aparecendo? Se você aceita uma sugestão, faça o tratamento para retirar os pontos (e também o traço), primeiro, por que se não: o 111.111.111-11 e os outros com dígito repetido vão todos passar na primeira validação que você fez. Então ao invés de colocar mais 9 if's retire a formatação da string.
  9. Klawztro

    ERRO em operador, verificação de numero maior

    Bom dia. Camarada o seu problema está no fato de que você esta comparando duas Strings ao invés de dois números, o value de campos de formulários, são strings, ou seja texto, assim como o valor entres aspas no php. Você pode resolver isso usando parseFloat ou parseInt para o valor do javascript, e no caso do php é só tirar as aspas simples antes e depois do <? ?>. Agora, tome cuidado, porque pelo que você explicou, o valor do php está com a casa decimal separada por vírgula, quando no javascript, um número decimal você usa um ponto para separar as casas decimais. Então você vai ter que converter seu 32,20 para um 32.20, com uma função php ou com javascript. Só um aviso, já vai pensando nos números com ponto no milhar (ex: 1.000,00), porque de novo, no js, esse ponto não existe, então para a conta dar certo no javascript você precisaria trocar: 1.000,32 por 1000.32. Mas isso é um problema bem comum, na internet você tem várias soluções. Só vou ficar devendo a comparação entre Numbers e Strings no JS porque isso é um caso à parte...
  10. Olha cara, ler arquivos diretamente com javascript eu não conheço como, se alguém souber me avisa que eu também me interesso! Mas o que você pode fazer é fazer uma chamada ajax para o diretório dos arquivos, e se o servidor for Apache e estiver com Directory Listing ligado para aquele diretório, ele vai retornar uma página listando os arquivos e subdiretórios, dai então você pode percorrer o html retornado e ir pescando o nome dos arquivos. Aqui a documentação do Apache que fala do Directory Listing (que a grosso modo é aquela página que você vê quando não tem um arquivo index dentro da pasta): https://wiki.apache.org/httpd/DirectoryListings Não sei se tem essa opção em outros servidores com nginx ou IIS. Abç
  11. Já tentou colocar async: false na chamada do ajax? Pq do jeito que está você não pode ter certeza de que o evento submit vai acontecer antes do retorno do ajax, e também talvez fosse melhor você aplicar o evento submit com on.
  12. Klawztro

    SetInterval() só executa uma vez!

    Cara, não entendi muito bem essa parte dos elementos que você cria, se puder postar mais código eu agradeço. Mas para elementos criados dinamicamente, utilize o método on que é específico para este tipo de elementos. Os eventos comuns só são acoplados para os elementos que já estão no corpo da página. Você pode ver um exemplo funcionando nesse fiddle: http://jsfiddle.net/xpvt214o/406236/
  13. Klawztro

    Problema com data inválida

    Para futuros trabalhos usando data e hora aconselho usar o datejs http://www.datejs.com que e uma mão na roda.
  14. Klawztro

    Separar texto

    Salve pessoal, boa tarde, gostaria de mostrar minha versão, vou postar só o javascript por que não alterei o html nem o css, mas o pacote completo está em: https://jsfiddle.net/rdLgc3a4/10/ /** Retirei todo o html para fora do método, porque de outra forma, para que o método ficasse menos acoplado (mais fácil de reutilizar), seria necessário passar quatro objetos html, e você só poderia usar esse método para html e nada mais (talvez você pudesse utilizar com um retorno de json por exemplo). */ function separarTexto(separar){ /** Quando você quiser retornar mais de um valor conceitualmente falando (no caso seriam consoantes e vogais), tente retornar um objeto, porque é mais fácil de entender no futuro, você tem os índices com texto, e isso fica auto explicativo, é melhor do que usar um array com índice numérico onde você tem que adivinhar o que está em cada índice). */ var retorno = { vogais : "", consoantes: "" }; var arrayVogais = ['a','e','i','o','u']; //Mais um detalhe IMPORTANTE, utilize var quando for criar uma variável para iterar (no caso o i). Caso contrário, essa variável tem escopo global, //ou seja, se você tiver uma variável global com nome de "i" ela vai mudar de valor, isso pode evitar muita dor de cabeça no futuro... for(var i = 0; i < separar.length;i++){ //Não precisa converter para array para iterar, da pra usar uma string =) if(arrayVogais.indexOf(separar[i]) > -1) retorno.vogais += separar[i]; else retorno.consoantes += separar[i]; } return retorno; } /**Do resto, use a chamada desta forma, pq, apesar de que fica uma boa quantidade de código aqui, você vai ter seu método mais livre para reutilizar */ var btSeparar = document.getElementById("btSeparar"); btSeparar.addEventListener("click", function() { var inTexto = document.getElementById("inTexto"); var outVogais = document.getElementById("outVogais"); var outConsoantes = document.getElementById("outConsoantes"); var elementos = separarTexto(inTexto.value); outVogais.textContent = elementos.vogais; outConsoantes.textContent = elementos.consoantes; //alert(i); -- CUIDADO PARA NÃO GERAR VARIÁVEIS GLOBAIS }); Espero que ajude!
  15. Klawztro

    Eventos click

    Bom dia phluiss Veja bem, acho que esta questão é mais de desenvolvimento em geral do que de Javascript, já que é uma questão de estilo e boas práticas de programação. Apesar de não ter visto o seu código, o problema em colocar muita coisa dentro de eventos é que isso pode gerar código duplicado (quando você tem ações iguais ou similares para mais de um evento), além de dificultar a reutilização, porém como já disse não vi seu código. O que você pode fazer para melhorar a qualidade do seu código de forma geral, é dar uma pesquisada por Code Smell, que é um conjunto de "sintomas" que quando aparecem no código podem ser indicativos de que seu código precisa ser refatorado para não te dar dor de cabeça no futuro com manutenção, já que o código precisa ser fácil de entender para qualquer um que ler, inclusive para você mesmo se precisar dar manutenção daqui a vários meses e já não se lembrar do que havia feito. A primeira vez que li sobre code smell foi nesse site: http://wiki.c2.com/?CodeSmell mas você encontra várias referências no Google.
×

Important Information

Ao usar o fórum, você concorda com nossos Terms of Use.