Jump to content

Omar~

Members
  • Content count

    1173
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    15

Omar~ last won the day on May 27 2018

Omar~ had the most liked content!

Community Reputation

87 Bom

About Omar~

  • Rank
    Knowledge is everything
  • Birthday 04/20/1984

Informações Pessoais

  • Sexo
    Masculino
  • Localização
    Nova Venécia (ES)

Recent Profile Visitors

10741 profile views
  1. Omar~

    Separar numero usando explode

    Não entendi direito, mas se for separar cada caractere formando um array você pode está usando a função str_split: $separa = str_split('90'); var_dump( $separa ); // array(2): ['9', '0'] Mas não sei, mas desconfio que você esteja tentando fazer algo que a função number_format já faz.
  2. Omar~

    Percorrer array multdimensional sem index

    Rapaz!! Espero que ajude, veja que acessei qualquer valor para criar uma mensagem de console exibindo cada qual: var objeto = { 'Entradas': { 'Receitas Operacionais': { 0: 'Vendas', 1: 'Serviços' }, 'Receitas financeiras': { 0: 'Rendimentos' } }, 'Saidas': { 'Despesas comerciais': { 0: 'Comissões', 1: 'Combustivel', 2: 'Publicidade' } }, 'Despesas operacionais': { 0: 'Matéria Prima', 1: 'Fretes' } }; var objA = 0, objB = 0, objC = 0, subObjetoA = [], subObjetoB = [], mensagemTeste = ''; for (objA in objeto) { mensagemTeste = objA + ' = ['; subObjetoA = objeto[objA]; for (objB in subObjetoA) { subObjetoB = subObjetoA[objB]; if (typeof subObjetoB === 'object') { mensagemTeste += '\n\t' + objB + ' = ['; for (objC in subObjetoB) { mensagemTeste += '\n\t\t' + subObjetoB[objC] + ', '; } mensagemTeste += '\n\t],'; } else { mensagemTeste += '\n\t' + subObjetoB + ', '; } } mensagemTeste += '\n]'; console.log(mensagemTeste); } Não é por nada não eim, mas se vai usar javascript para compilar html está metendo os pés pelas mão, javascript só deve ser usado no html para manipulação de conteúdo já carregado, por intermédio de uma ação executada pelo usuário. E não para o carregamento.
  3. Estranho deve ser alguma configuração do apache que desconheço. Tente então modificar a arquitetura e não usar um arquivo html e sim php. De fato fica até mais simples e prático. <?php $dados = [ 'titlo' => 'titulo da página', 'texto' => 'um texto de teste' ]; $html = include ('estrutura.php'); echo $html; Aí nesse estrutura.php é que você transcreve a página <?php $renderiza = '<!DOCTYPE html>' . '<html lang="pt-BR">' . '<head>' . '<meta charset="UTF-8">' . '<title>' . $dados['titlo'] . '</title>' . '</head>' . '<body>' . '<p>' . $dados['texto'] . '</p>' . '</body>' . '</html>'; return ($renderiza);
  4. Aparentemente deveria tudo funcionar como tal, tentei reproduzir o problema e a única coisa de anormal é se algum índice do array estiver vazio. Depure os valores do array para ver: E veja se os índices possuem algum valor. De qualquer forma tente não usar a função ConfigPainel e escreva qualquer coisa aí para testar Estou disponibilizando o link para do teste que fiz para você testar aí. https://drive.google.com/file/d/1PSd5Nr2RYh8LKleIYnQgkymppf1lctcC/view?usp=sharing
  5. Bom, eu presumo que a linguagem back-end seja o PHP. Começando eu resumir o html só para alguns campos, mas já dar para ver como a coisa vai funcionar. Então o arquivo.html: Então criei uma classe que irá pegar onde tem no html {{ alguma_coisa }} e substituir por dados vindos de um arrray no php: Daí então é só criar um array onde os índices terá o mesmo nome contido no que tem no html entre as chaves {{}}, os valores que serão inseridos nada mais que os valores dos índices com o mesmo nome.
  6. Qual a linguagem back-end? Essa informação é vital. De qualquer forma a duas alternativas. 1 (A mais correta e sensata) Renderizar a página e entregar para o usuário tudo completo, acredito que conseguiria fazer algo para isso usando um arquivo .html e alimentando os dados através do PHP. 2 (O menos eficiente) Pré renderizar a página, pós seu carregamento redefinir todos os valores através do javascript. O problema disso é justamente você ter que renderizar um padrão e substituir tudo depois de carregado. É até simples demais porém ineficiente tanto em usabilidade quanto em desempenho. Aí você re-executa a coisa toda usando websocket
  7. Omar~

    NOTICE: UNDEFINED INDEX:

    Desculpe mas só agora fui ver a query rsrsrsr..... Se não indicar os índices que vão ser lidos, lógico que eles não vão existir.... Então você pode repassar os valores separados por virgula. SELECT bk_fantasia, bk_lote_del, bk_fc_ID FROM tab_for_sai WHERE bk_lote_del = 'BOM' ORDER BY bk_fantasia ASC Na via das dúvidas se for o caso você pode pegar todos os índices da tabela. Usando um "*" você diz na instrução: Selecione tudo na tabela SELECT * FROM tab_for_sai WHERE bk_lote_del = 'BOM' ORDER BY bk_fantasia ASC GROUP BY serve para agrupar resultados normalmente usado em join's, daí quando há resultados duplicados semelhantes ao qual pode-se agrupar os que são iguais em um único resultado.
  8. Omar~

    Vitrine com produtos classificados

    Você precisará fazer 2 tabelas ou 1 só, também precisará fazer 2 querys, ou uma só dar também. O negócio é que vamos precisar de 2 arrays um para a categoria outro para produto. Portanto se fazer 1 query terá que separar as categorias dos produtos. Então fazemos uma varredura primeiro no array de categoria e dentro dessa varredura varremos também o array de produtos, o segredo é comparar a referência. Veja como funciona a lógica: <?php $categorias = [ 0 => ['id' => 1, 'nome' => 'novidades'], 1 => ['id' => 2, 'nome' => 'sucessos'], 2 => ['id' => 3, 'nome' => 'vips'] ]; $produtos = [ 0 => ['id' => 1, 'categoria' => 1, 'nome' => 'Produto A'], 1 => ['id' => 2, 'categoria' => 2, 'nome' => 'Produto B'], 2 => ['id' => 3, 'categoria' => 3, 'nome' => 'Produto C'], 3 => ['id' => 4, 'categoria' => 1, 'nome' => 'Produto D'], 4 => ['id' => 5, 'categoria' => 3, 'nome' => 'Produto E'] ]; foreach ($categorias as $c) { echo ("<p>Atual laço de repetição {$c['id']}: {$c['nome']}</p>"); foreach ($produtos as $p) { if ($c['id'] == $p['categoria']) { echo ("<p>Produto: {$p['nome']}/ Categoria: {$c['nome']}</p>"); } } echo ("<hr />"); }
  9. Omar~

    NOTICE: UNDEFINED INDEX:

    Mas você está usando PDO ou msqli como extensão para conectar? Enfim se não está usando PDO deveria está usando.... Toda vez que ver UNDEFINED INDEX saiba que é um índice de algum array sendo usado quando ele não existe. Então podemos chegar a conclusão que o índice bk_fc_ID não existe. Pelo contexto sabemos que deveria ser o nome de uma das colunas da tabela tab_for_sai. Como aqui ninguém sabe como é a estrutura da tabela não podemos dizer como deveria ser esse índice ou se ele mesmo existe, mas acredito que o problema é que você transcreveu usando letras maiúsculas ao invés de minusculas, no entanto você mesmo pode depurar e chegar a solução por conta própria. Bastando apenas usar a função var_dump no resultado assim você terá como saber se existe, se está com erro, como é de fato e tudo mais, mais ou menos nesse sentido: <?php $select = $CALL->prepare( "SELECT bk_fantasia FROM tab_for_sai WHERE bk_lote_del = 'BOM' GROUP BY bk_fantasia ORDER BY bk_fantasia" ); $select->execute(); $resultado = $select->fetchAll(PDO::FETCH_ASSOC); <?php echo "<pre>"; var_dump($resultado); // Visualizar como é de verdade os dados obtidos (Mesmo que sejam erros) echo "</pre>"; foreach ($resultado as $valor) { echo "<p>{$valor['bk_fantasia']}</p>"; echo "<p>{$valor['bk_fc_id']}</p>"; // Acredito que deveria está transcrito em letras minúsculas } /* Tudo que estiver abaixo desse loop você deixa como comentário entre as aspas while ($user - $stmta->fecth()) */
  10. Omar~

    Variações / cor / tamanho

    Eu dispenso em faze JOIN em outra tabela quando não for necessário. Cada JOIN uma nova etapa do processamento, menos desempenho vamos ter. Se levar-mos ao pé da letra como devemos executar alguma coisa só vamos perder em desempenho. Por isso (DEPENDENDO DO AMBIENTE) é melhor registar numa única tabela e apenas lermos aquele ao invés "de dar banana ao macaco" e fazer voltas para uma coisa que deveria ser única. Não que a proposta de uma tabela extra esteja errada, mas como disse depende do ambiente da aplicação e talvez um único acesso seria o bastante para sanar uma simples questão.
  11. Omar~

    Conexao banco SQL com PHP

    Rapaz leia esse tópico https://forum.imasters.com.br/topic/565800-crud-introdução-a-pdo/ Tópico dedicado a iniciantes na conexão e manipulação do banco de dados através do PHP. É bem genérico mas é o ponteiro da bússola que aponta o norte para onde seguir. E bem vindo ao PHP.... Antes de mais nada, conexão com um banco mesmo que parente do PHP não tem haver uma coisa com outra.
  12. Omar~

    Editar site por area administrativa

    Veja se não existe um caractere binário invisível antes da declaração da variável. (caso tenha usando Crtl+C & Ctrl+V aqui do fórum com certeza deve ter). Nesse caso escreva o código a mão, ou use um editor capaz de interpretar esses caracteres. Verifique se você fechou o código anterior com um ponto-e-virgula. unexpected T_VARIABLE Diz que o PHP não espera aquela variável agora pois ainda não terminou de executar uma instrução anterior. Então quando ver isso, normalmente não está relacionado exatamente a instrução atual e sim a alguma coisa anterior.
  13. Omar~

    Variações / cor / tamanho

    Então seria uma cor distinta quando for P ou M ou G? <?php function defineCor($valor) { switch (strtolower($valor)) { case 'p': $cor = 'ff0000'; break; case 'm': $cor = '359107'; break; case 'g': $cor = '3b7fe7'; break; default: $cor = '000000'; break; } return ('#' . $cor); } ?> <div style="color:<?= defineCor('M') ?>">lorem ipsum dolor sit amet</div> Se for uma cor para cada registro, aí você tem que registrar essa cor junta a própria tabela seja lá qual for o que é para ter cor.
  14. Omar~

    Limitar palavras

    Repassei o que fiz e na lógica tudo funcionaria como previsto, então testei para realmente ver... E não é que funcionou como esperado! O resultado: Em caminho de...
  15. Omar~

    Limitar palavras

    Eu não testei mas deve funcionar: <?php function limitarPalavras($texto, $quantidade) { $textoArray = explode(' ', $texto, ($quantidade + 1)); if (count($textoArray) > $quantidade) { unset($textoArray[$quantidade]); } return (implode(' ', $textoArray) . '...'); } Então você chama a função informando por parâmetro "$texto" o texto que é para limitar a quantidade de palavras e como segundo parâmetro "$quantidade" você informa quantas palavras quer. Exemplo: $palavra = "Em caminho de paca tatu caminha dentro?"; echo limitarPalavras($palavra, 3); O que eu fiz, simplesmente quebrei o texto em um array separando cada palavra pelo espaço entre elas, mas a quantidade de índices desse array deve ser a quantidade que informamos +1 porque sempre o primeiro índice de um array é zero. Então se a quantidade de índices gerados pelo explode for maior que a quantidade, remove-se esse índice sobrando. Por fim com a o implode juntamos nosso array quebrado novamente em uma string.
×

Important Information

Ao usar o fórum, você concorda com nossos Terms of Use.