Jump to content

Wilkyn Fernandes Taborda

Members
  • Content count

    57
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Comum

About Wilkyn Fernandes Taborda

Contato

  • Twitter
    @FernandesWilkyn
  1. Mith6 o programa realiza somente cálculos simples e não precisa incluir a biblioteca math.h. É desnecessário que haja a variável imc e também calculá-la pois o enunciado não pede essa informação. Está faltando o cálculo do peso ideal para sexo feminino. Está-se comparando a variável sexo com a variável m que não é mesma coisa que o caractere 'm'. Deve-se trocar. Variáveis m e f não são usadas. Podem ser removidas. main(){ float a,p,pi; char sexo; printf("Informe o sexo. m para masculino e f para feminino:"); scanf("%c",&sexo); printf("Altura:"); scanf("%f",&a); printf("Peso:"); scanf("%f",&p); if(sexo=='m') pi=(72.7*a)-58; else pi=(62.1*a)-44.7; if(p>pi) printf("O peso esta acima do ideal.\n"); else if(p<pi) printf("O peso esta abaixo do ideal.\n"); else printf("O peso e ideal!\n"); system ("pause"); }
  2. Wilkyn Fernandes Taborda

    Arvore Binaria de Busca

    Fornecendo todos os nós da árvore e suas ligações não há motivo para infomar os percursos pois é possível calcular.
  3. Wilkyn Fernandes Taborda

    Alocação de memória ajuda

    Na função cadastrar sempre que é inserido um novo registro o programa grava na primeira posição o que fará com que ao consultar somente apareça o último por que os outros estarão sobrescritos. Deve-se mover o ponteiro da lista antes de gravar novos. Nas linhas: scanf ( "%d%*c" , & op1 ); fflush ( stdin); há uma redundância por que o formatador %*c que serve para eliminar o retorno de carro da fila de caractéres de entrada de teclado é seguido pelo comando fflush(stdin) que têm a mesma função ordenando o computador a fazer duas vezes a mesma coisa. Desnecessariamente por que só com o %*c o retorno de carro já é eliminado. Nesse programa dispensa-se o uso da variável op1 já que toda vez que o usuário optar pode-se usar a mesma variável op. Removendo op1 irá resultar em economia de código e de memória RAM. Toda vez que a memória é realocada é usado um ponteiro diferente com o mesmo nome para receber a porção de memória. Isso vai gerar resultados incorretos por que toda vez que realocar irá devolver a memória para um ponteiro diferente. Deve-se usar somente um ponteiro. Nos cases 4 e 5 não é necessário realocar o ponteiro por que toda vez que opta por cadastrar um novo ele já faz isso e também não precisa da função fflush(stdin) pois o comando gets não deixa o retorno de carro na fila e o mesmo vale para a leitura de nome, e-mail e telefone da função altera. No case 9 da função menu pode-se retirar o comando break. Ao usuário digitar 9 o programa já irá sair do bloco de código switch devido ao comando de retorno de função. O seu código reaproveitado e com as modificações que eu falo: #include <stdio.h> #include <stdlib.h> #include <string.h> int op = 0 , qcad = 0 , i = 0 , x , y ; char name [ 50 ]; struct contato { char nome [ 50 ]; char email [ 50 ]; char telefone [ 15 ]; } * c; void cadastrar () { printf ( "\nDigite o nome: " ); gets ( c[ i ]. nome ); strupr ( c[ i ]. nome ); printf ( "Digite o email: " ); gets ( c[ i ]. email ); printf ( "Digite o telefone: " ); gets ( c[ i ]. telefone ); i ++; do { printf ( "\nDeseja cadastrar mais? \n1-SIM \n2-NAO\n" ); scanf ( "%d%*c" , & op ); if ( op == 1 ) { c =( struct contato *)( realloc ( c ,( qcad + 1 )* sizeof ( struct contato ))); if ( c == NULL ) { printf ( "\n ERRO // MEMORIA INSUFICIENTE" ); exit ( 1 ); } qcad ++; cadastrar (); } } while ( op != 2 ); } void altera () { printf ( "Digite o nome: " ); gets ( name ); strupr ( name ); for ( x = 0 , y =- 1 ; x < i ; x ++) { if ( strcmp( name , c [ x ]. nome )==0 ) { y = x ; } } if ( y < 0 ) { printf ( "\nNOME NAO CADASTRADO\n\n" ); system ( "pause" ); } else { printf ( "\nDigite o novo nome: " ); gets ( c [ y ]. nome ); strupr ( c [ y ]. nome ); printf ( "\nDigite o novo email: " ); gets ( c [ y ]. email ); printf ( "\nDigite o novo telefone: " ); gets ( c [ y ]. telefone ); } } void ordena () { char nomeaux [ 50 ]; char emailaux [ 50 ]; char telefoneaux [ 15 ]; for ( x = 1 ; x < i ; x ++) { for ( y = x ; y > 0 ; y --) { if ( strcoll ( c [ y ]. nome , c [ y - 1 ]. nome ) < 0 ) { strcpy ( nomeaux , c [ y ]. nome ); strcpy ( emailaux , c [ y ]. email ); strcpy ( telefoneaux , c [ y ]. telefone ); strcpy ( c [ y ]. nome , c [ y - 1 ]. nome ); strcpy ( c [ y ]. email , c [ y - 1 ]. email ); strcpy ( c [ y ]. telefone , c [ y - 1 ]. telefone ); strcpy ( c [ y - 1 ]. nome , nomeaux ); strcpy ( c [ y - 1 ]. email , emailaux ); strcpy ( c [ y - 1 ]. telefone , telefoneaux ); } } } } void consulta () { if ( i == 0 ) { printf ( "\nNENHUM CADASTRO\n\n" ); system ( "pause" ); } else { ordena (); for ( x = 0 ; x < i ; x ++) { printf ( "\n NOME: %s " , c [ x ]. nome ); printf ( "\n EMAIL: %s " , c [ x ]. email ); printf ( "\n FONE: %s \n" , c [ x ]. telefone ); system ( "pause" ); } } } void exclui () { for ( x = 0 , y =- 1 ; x < i ; x ++) { if ( strcmp( name , c [ x ]. nome )==0 ) { y = x ; } } if ( y < 0 ) { printf ( "O nome nao existe\n" ); } else { printf ( "Deseja excluir? \n1 - SIM \n2 - NAO\n" ); scanf ( "%d%*c" ,& op ); if ( op == 1 ) { strcpy ( c [ y ]. nome , c [ i - 1 ]. nome ); strcpy ( c [ y ]. email , c [ i - 1 ]. email ); strcpy ( c [ y ]. telefone , c [ i - 1 ]. telefone ); i --; c =( struct contato *)( realloc ( c ,( i )* sizeof( struct contato ))); qcad --; printf ( "EXCLUIDO COM SUCESSO\n" ); } } } void pesquisa () { printf ( "Digite o nome: " ); gets ( name ); strupr ( name ); for ( x = 0 , y =- 1 ; x < i ; x ++) { if ( strcmp( name , c [ x ]. nome )==0 ) { y = x ; } } if ( y < 0 ) { printf ( "O nome nao existe\n" ); system ( "pause" ); } else { printf ( "\n NOME: %s " , c [ y ]. nome ); printf ( "\n EMAIL: %s " , c [ y ]. email ); printf ( "\n FONE: %s \n" , c [ y ]. telefone ); exclui ( c ); system ( "pause" ); } } void menu () { c =( struct contato *) malloc( qcad * sizeof ( struct contato )); if ( c == NULL ) { printf ( "\n ERRO // MEMORIA INSUFICIENTE" ); exit ( 1 ); } do { system ( "cls" ); op =- 1 ; printf ( "******MENU******\n" ); printf ( "1 - Cadastrar \n2 - Alterar \n3 - Consultar \n4 - Excluir \n5 - Pesquisar \n9 - Sair\n" ); printf ( "****************\n" ); scanf ( "%d%*c" , & op ); switch ( op ) { case 1 : c =( struct contato *)( realloc ( c ,( qcad + 1 )* sizeof ( struct contato ))); if ( c == NULL ) { printf ( "\n ERRO // MEMORIA INSUFICIENTE" ); exit ( 1 ); } qcad ++; cadastrar (); break ; case 2 : altera ( c ); break ; case 3 : consulta ( c ); break ; case 4 : printf ( "Digite o nome: " ); gets ( name ); strupr ( name ); exclui ( c ); system ( "pause" ); break ; case 5 : pesquisa ( c ); break ; case 9 : return 0 ; default : puts ( "Opcao invalida!!!\n\n\n" ); system ( "pause" ); } } while ( op != 9 ); } int main () { menu (); return 0 ; }
  4. Wilkyn Fernandes Taborda

    Algoritimo para contar repeticoes de valores em vetores

    int main(){ int V1[40],V2[40],N,i,j,conta=1,comparado=0; do{ printf("Informe quantos algarismos(maximo 40):"); scanf("%d",&N); if((N<1)||(N>40)) printf("Numero de algarismos invalido."); }while((N<1)||(N>40)); printf("Somente e valido digitar algarismos 1 e 0 e o primeiro deve ser 0."); for(i=0;i<N;i++){ printf("\nDigite o algarismo %d:",i+1); scanf("%d",&V1[i]); } if(V1[0]!=0){ printf("Sequencia invalida. Primeiro algarismo deve ser 0."); system("pause"); exit(0); } for(i=0;i<N;i++) if((V1[i]!=0)&&(V1[i]!=1)){ printf("Sequencia invalida. Algarismo invalido."); system("pause"); exit(0); } for(i=1,j=0;i<N;i++){ if(V1[i]==comparado) conta++; else{ V2[j]=conta; conta=1; j++; if(comparado==0) comparado++; else comparado--; } } V2[j]=conta; printf("V2: "); for(i=0;i<=j;i++) printf("%d ",V2[i]); system("pause"); }
  5. Wilkyn Fernandes Taborda

    Ajuda com programa

    arthurdr ao compilar o seu programa ele trava logo no começo da execução antes mesmo de imprimir qualquer coisa na tela por que as variáveis M e N que delimitam o tamanho das cadeias de caracteres p e t não são inicializadas com valor algum fazendo com que elas assumam qualquer valor que esteja escrito naquela região da memória para aonde elas apontam e consequentemente tornando seus valores inteiros em lixo de memória. Aqui no meu computador ao mandar imprimir o valor inteiro de M ele mostra um número maior do que 2 bilhões. Isso explica tudo pois para cada posição da cadeia de caracteres p o programa irá reservar 1 byte na memória e nesse caso p vai ter mais do que 2 bilhões de bytes o que calculando resulta em p sendo uma variável de 2 giga bytes e isso é muito mais do que toda a memória do meu computador que é de apenas 256 mega bytes. Mais abaixo o programa tenta comparar cada letra digitada e armazenada em p com as letras A, C, G e T para ver se a cadeia digitada pelo usuário contém somente as letras permitidas e caso não contenha retorna uma mensagem dizendo que a cadeia digitada é inválida porém a cada comparação ele testa se a cadeia inteira é igual a cada letra o que fará com que dê sempre a mensagem de cadeia inválida mesmo que o usuário digite somente as letras permitidas pois um conjunto de letras é diferente de apenas uma letra em individual. Para que o teste dê positivo deve-se comparar individualmente cada letra da cadeia digitada com as do código. Para fazer isso usa-se um número entre colchetes após o nome da cadeia que indicará a posição da letra na cadeia que se quer comparar. Pode-se também usar uma variável para representar esse número. Então: for (i = 0 ; i < M ; i ++) if (( p!= 'A' ) && ( p!= 'C' ) && ( p != 'G' ) && ( p != 'T' )) letrasP = 1 ; else letrasP = 0 ; irá ficar: for (i = 0 ; i < M ; i ++) if (( p[i]!= 'A' ) && ( p[i]!= 'C' ) && ( p[i] != 'G' ) && ( p[i] != 'T' )) letrasP = 1 ; else letrasP = 0 ; Mais abaixo o programa em um laço com contador tenta verificar se há alguma letra não permitida digitada repetindo diversas vezes o mesmo teste que sempre dará a mesma resposta. Podemos modificá-lo para que faça o teste somente uma vez. Então: for (i = 0 ; i < M ; i ++) if ( letrasP==1 ) letraP = 1 ; Vai ficar: if ( letrasP==1 ) letraP = 1 ; Podemos fazer até mais do que isso. Usar uma variável apenas para confirmar se há caractéres não-permitidos ao invés de duas. Então: if ( letrasP==1 ) letraP = 1 ; if ( letraP== 1) printf ( "\n\n !!!CADEIA DE p INVALIDA!!!\n" ); Vai ficar: if ( letrasP==1 ) printf ( "\n\n !!!CADEIA DE p INVALIDA!!!\n" ); e consequentemente removendo a variável não usada letraP do código e todas as demais linhas de código que a utilizam. As variáveis inteiras declaradas a e b podem ser retiradas também pois não são usadas. Após ler a cadeia t podemos fazer o mesmo que com p e colocarmos um índice após o nome da cadeia durante as comparações e também remover a variável letraT e as referências a ela. O laço de repetição que fica fazendo várias vezes a mesma comparação com a variável letrasT também pode ser removido. Na comparação que serve para mostrar a mensagem de cadeia t inválida podemos substituir a variável letraT que iremos remover por letrasT no lugar e também fazer o mesmo na condição do laço que repete a leitura da cadeia t. A linha que imprime o tamanho de um inteiro em bytes logo no começo da função principal após a primeira declaração de variáveis também pode ser removida e o mesmo vale para a variável j. O programa completo e funcionando desse jeito que eu falo fica assim: #include <stdio.h> #include <stdlib.h> #include <string.h> main () { int M = 5, N = 25, i; char p [ M ], t [ N ]; int letrasT , letrasP; do { do { i = 0 ; letrasP = 0; printf ( "\n Digite a cadeia p: " ); scanf ( "%s" , p ); if ( M != strlen (p )) printf ( "\n\n !!!TAMANHO DE p INVALIDO!!!\n" ); for (i = 0 ; i < M ; i ++) if (( p[i]!= 'A' ) && ( p[i]!= 'C' ) && ( p[i] != 'G' ) && ( p[i] != 'T' )) letrasP = 1 ; else letrasP = 0 ; if ( letrasP== 1) printf ( "\n\n !!!CADEIA DE p INVALIDA!!!\n" ); }while ( letrasP== 1); } while ( M< strlen (p )); do { do { i = 0 ; letrasT = 0; printf ( "\n Digite a cadeia t: " ); scanf ( "%s" , t ); if ( N != strlen (t )) printf ( "\n\n !!!TAMANHO DE t INVALIDO!!!\n" ); for (i = 0 ; i < N ; i ++) if (( t[i]!= 'A' ) && ( t[i]!= 'C' ) && ( t[i] != 'G' ) && ( t[i] != 'T' )) letrasT = 1 ; else letrasT = 0 ; if ( letrasT== 1) printf ( "\n\n !!!CADEIA DE t INVALIDA!!!\n" ); }while ( letrasT== 1); } while ( N< strlen (t )); printf ("\n%s" , p ); printf ("\n%s" , t ); system("pause"); }
  6. Wilkyn Fernandes Taborda

    Estrutura de dados, C++/C

    É desnecessário inicializar T2 com 11 pois como os vetores na linguagem C iniciam com seu índice em 0 e terminam em o tamanho do vetor -1 então a última posição do vetor x será 9. Por causa disso no meu programa inicializo T2 com 9 para que ela guarde o índice da base oposta da pilha. Se quiser respeitar o enunciado é só modificar o valor de inicialização dela para 11 e alterar durante o código. Aí vai: int main(){ int valor,X[10],T1=0,T2=9,i; for(i=0;(i<20)&&(T1<10)&&(T2>-1)&&(T1<=T2);i++){ printf("digite um valor:"); scanf("%d",&valor); if((valor>=1)&&(valor<=99)) if(!(valor%2)){ //se e par if(valor>50){ //se e maior do que 50 X[T1]=valor; T1++; } else{ //se e menor ou igual a 50 if(T1>0){ printf("Valor retirado do topo da pilha 1: %d",X[T1-1]); T1--; } else{ printf("UNDERFLOW. Nao ha valor na pilha."); } } } else{ //se e impar if(valor>50){ //se e maior do que 50 X[T2]=valor; T2--; } else{ //se e menor ou igual a 50 if(T2<9){ printf("Valor retirado do topo da pilha 2: %d",X[T2+1]); T2++; } else{ printf("UNDERFLOW. Nao ha valor na pilha."); } } } else printf("valor fora do intervalo permitido que e de 1 a 99."); } printf("Pilha1:\n"); for(i=0;i<T1;i++) printf("%d\n",X[i]); printf("Pilha2:\n"); for(i=9;i>T2;i--) printf("%d\n",X[i]); system("pause"); }
  7. Wilkyn Fernandes Taborda

    Problema Olímpico com Números Pares

    Em cada um dos inteiros existentes entre 2007 e 7002 o programa identifica todos os algarismos e os divide por 2 para ver se são pares. Os números que tem todos os algarismos pares são mostrados na tela. int main(){ int numero, algarismos[4]={2,0,0,7},i,epar; epar=1; for(numero=2007;numero<=7002;numero++){ for(i=0;i<4;i++) if(algarismos[i]%2) epar=0; if(epar) printf("%d\n",numero); epar=1; if(algarismos[3]<9) algarismos[3]++; else if(algarismos[2]<9){ algarismos[3]=0; algarismos[2]++; } else if(algarismos[1]<9){ algarismos[3]=0; algarismos[2]=0; algarismos[1]++; } else{ algarismos[3]=0; algarismos[2]=0; algarismos[1]=0; algarismos[0]++; } } system("pause"); }
  8. Wilkyn Fernandes Taborda

    Batalha_Naval: como impedir que os navios fiquem próximos uns aos outros?

    Sendo uma matriz de 10x10 posições marcada com 0 nas posições livres e 1 nas preenchidas: while(1){ printf("\ndigite a linha e coluna:"); scanf("%d",&linha); scanf("%d",&coluna); if((linha>=0)&&(linha<=10)&&(coluna>=0)&&(coluna<=10)) if (matriz[linha][coluna]) printf("Posicao ocupada. Tente outra."); else if((coluna>0) && matriz([linha][coluna-1])) printf("Muito Proximo. Tente outra posicao."); else if((coluna<9) && matriz([linha][coluna+1])) printf("Muito Proximo. Tente outra posicao."); else if((linha>0) && matriz([linha-1][coluna])) printf("Muito Proximo. Tente outra posicao."); else if((linha<9) && matriz([linha+1][coluna])) printf("Muito Proximo. Tente outra posicao."); else matriz[linha][coluna]=1; }
  9. Wilkyn Fernandes Taborda

    Fettuccine, ricci - recursividade

    Corrigindo: Se o termo for par, resultado = atual - anterior, se for ímpar, resultado = atual + anterior. Ricci: int main(){ int num1,num2,soma,i; printf("Digite o 1o Numero:"); scanf("%d",&num1); printf("Digite o 2o Numero:"); scanf("%d",&num2); printf("Os dez primeiros termos:"); printf("\n%d\n%d",num1,num2); for (i=0;i<8;i++){ soma=num1+num2; printf("\n%d",soma); num1=num2; num2=soma; } system("pause"); } Fetuccine: int main(){ int num1,num2,resultado,i; printf("Digite o 1o Numero:"); scanf("%d",&num1); printf("Digite o 2o Numero:"); scanf("%d",&num2); printf("Os dez primeiros termos:"); printf("\n%d\n%d",num1,num2); for (i=3;i<=10;i++){ if (i%2==1){ resultado=num2+num1; printf("\n%d",resultado); } else{ resultado=num2-num1; printf("\n%d",resultado); } num1=num2; num2=resultado; } system("pause"); }
  10. Wilkyn Fernandes Taborda

    Erro de FALHA DE SEGMENTAÇÃO

    Na função principal quando você chama as funções preordem, emordem e posordem você passa através de parâmetros valores diferentes do especificado na lista de parâmetros dessas funções. Elas estão esperando receber valores de um tipo e recebem de outro. O valor inteiro da variável raiz é passado no lugar de um ponteiro de tree. Passar valores de tipo diferente do especificado e esperado pelas funções em C mesmo sendo aceito pelo compilador e criado o programa faz com que ele trave durante sua execução.
  11. Wilkyn Fernandes Taborda

    Lista Encadeada ERRO Inserção do Final da Lista

    O programa não mostra o último valor inserido por que as linhas de código que imprimem esse valor estão comentadas. Retire as barras duplas das funções de impressão que o valor será mostrado.
  12. Wilkyn Fernandes Taborda

    Exer de c++

    Exatamente. Dividindo um número pela sua base, o quociente dessa divisão novamente por essa mesma base, fazendo assim por diante até que o quociente seja menor do que essa base e pegando-se esse último quociente juntamente com todos os restos das divisões anteriores obtém-se todos os algarismo individuais de um número: int vetor[50];/*Vetor de algarismos. Cada posicao desse vetor guarda um dos algarismos do numero original*/ int i=0; void limpaalgarismos(){//serve para limpar o vetor de algarismos i=0; } void algarismos(int num){/*Funcao que armazena somente 1 algarismo do numero por vez no vetor de algarismos*/ int quociente,resto; if(num<10) vetor[i]=num; else{ quociente=num/10; resto=num%10; vetor[i]=resto; i++; algarismos(quociente); } } int umalgarismo(){ int j,soma=0; for(j=i;j>=0;j--) soma=soma+vetor[j]; while(soma>=10){ limpaalgarismos(); algarismos(soma); soma=umalgarismo(); } return soma; } int main(){ int N=1,M=1; for(;;){ scanf("%d",&N); scanf("%d",&M); if((N==0)&&(M==0)) return; algarismos(N); N=umalgarismo(); limpaalgarismos(); algarismos(M); M=umalgarismo(); limpaalgarismos(); if(N>M) printf("1"); else if(N<M) printf("2"); else printf("0"); printf("\n"); } }
  13. Wilkyn Fernandes Taborda

    Matrizes

    rafael_iftm após o programa entrar nos dois laços que fazem a leitura dos elementos da matriz representados por linha e coluna ele faz uma comparação para ver se o elemento digitado e armazenado na matriz principal é igual ao elemento que está na matriz auxiliar e se for o programa vai dizer que o número está repetido e que é para o usuário digitar outro porém ele sempre irá dizer que o número digitado é repetido mesmo que ele não seja pois toda vez que ele lê um valor digitado tanto a matriz principal quanto a auxiliar recebem esse mesmo valor e após isso é feita a comparação para ver se o valor dos dois é igual o que resultará sempre em verdadeiro. Isso não é um erro de programação mas é um erro de lógica. Outro erro de lógica que tem nesse mesmo programa é que mesmo que o usuário digite números repetidos o programa nem sempre irá exibir o aviso e nem pedir para digitar de novo pois mesmo com a lógica errada ele só compara uma vez para ver se o valor é repetido e após isso pula para a leitura e armazenamento do valor da próxima posição da matriz sem verificar. Para consertar o programa devemos fazer uma rotina de verificação que compara o último valor digitado com todos os anteriores já armazenados na matriz e então ver se há algum igual. O programa do Nefisto está funcionando certinho e já inclui essa rotina de verificação porém como ele mesmo diz falta a rotina de verificação do menor valor da matriz e também do maior. Aqui vai um código que mostra como achar e mostrar o menor e o maior valor dessa matriz e suas respectivas posições: int main(){ int matriz[5][5],i,j,guarda_i,guarda_j,menor=32768,maior=0; /*Assumimos aqui que todos os valores digitados e sem repetidos ja estao guardados na variavel matriz para que eu nao precise aqui refazer o programa todo*/ for(i=0;i<5;i++) for(j=0;j<5;j++) if(matriz[i][j]<menor){ menor=matriz[i][j]; guarda_i=i; guarda_j=j; } printf("O menor valor e %d nas posicoes %d e %d",matriz[i][j],guarda_i,guarda_j); for(i=0;i<5;i++) for(j=0;j<5;j++) if(matriz[i][j]>maior){ maior=matriz[i][j]; guarda_i=i; guarda_j=j; } printf("\nO maior valor e %d nas posicoes %d e %d",matriz[i][j],guarda_i,guarda_j); system("pause"); }
  14. Wilkyn Fernandes Taborda

    Rand nao funciona :(

    Programa que simula uma corrida de 5 voltas com 10 corredores: #define NUM_CORREDORES 10 #define NUM_VOLTAS 5 int pista[NUM_CORREDORES]; int main(){ int i,j,k,temp; printf("Pre-largada\n"); for(i=0; i<NUM_CORREDORES; i++) printf("\nCorredor %d: 1",i+1); k=0; for(i=0; i<NUM_CORREDORES; i++) pista[i]=0; for(i=0; i<NUM_VOLTAS;){ temp=(rand()%10)+1; for(j=0; j<NUM_CORREDORES; j++) if(temp==pista[j]) break; if(j==10){ pista[k]=temp; k++; } if(k==10){ i++; printf("\n\nVolta %d",i); for(k=0; k<NUM_CORREDORES; k++) printf("\nCorredor %d: %d",k+1,pista[k]); k=0; for(j=0; j<NUM_CORREDORES; j++) pista[j]=0; } } system("pause"); }
  15. Wilkyn Fernandes Taborda

    Dúvida - Lista Encadeada C - Zivianni

    Não dá erro algum. Funciona se tirar qualquer um dos dois ou até mesmo os dois.
×

Important Information

Ao usar o fórum, você concorda com nossos Terms of Use.