Jump to content

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Raaby Miranda

Metodologias ágeis para desenvolvimentos de softwares

Recommended Posts

Boa tarde colegas! 

 

Olá! Estou desenvolvendo um trabalho para concluir minha pós graduação na área de desenvolvimento de softwares, estou trabalhando com as metodologias de desenvolvimento, tais como scrum, xp, entre outras, e estou aqui para pedir a ajuda de vocês, se for possível. Se algum colega que ler esta mensagem, já estiver aplicado alguma metodologia em qualquer projeto, por favor, entre em contato comigo, deixe seu e-mail a baixo que retorno. Gostaria que respondessem apenas algumas perguntas, um pequeno questionário. Desde já agradeço. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

  • Similar Content

    • By Kisha
      Estou procurando um programador web para desenvolver um site front responsivo, de preferência pessoas com referências e trabalhos já feitos.
       
      Contato via discord: quando eu tinha uma glock#5547
    • By yoHDF
      Boa noite/bom dia/boa tarde.
       
      Meu nome é yoH ( nickname ), estou procurando pessoas que tenham interesse em desenvolver um jogo.. bom não vou dar muitos detalhes aqui, mas caso tenham interesse podem entrar em contato comigo através do Discord.. bom.. estou procurando pessoas que tenham vontade de fazer, mesmo que não tenham nenhuma experiência tenham vontade de aprender, e a participar do projeto..
      obrigado pela atenção gente!
       
       
      DIscord - yoH#4185
       
    • By theuz bergles
      QUERO CRIAR UM GAME, MAS NÃO TENHO CONHECIMENTO PARA TAL.
       
      Olá! A minha ideia é criar um jogo de terror, que tenha realmente uma pegada de medo no psicológico do jogador. Mas como eu disse no título, não possuo conhecimento para tal criação e estou buscando profissionais (podem ser amadores também) que queiram trabalhar nisso comigo. A seguir, estará a apresentação da minha ideia inicial: 
       
       
      •O jogo seria em uma igreja abandonada, onde seriam feitas perguntas, uma de cada vez, em alguma parte (porta, janela, parede, chão, teto...) de um cômodo aleatório do ambiente escolhido. Obs: Perguntas  Sempre vai ter um ponto de interrogação (“?”) ao final de cada pergunta feita pelo demônio. Obs: Respostas  no cômodo estaria escrito “A RESPOSTA É...” e as respostas estariam apresentadas em alternativas: “A), B), C) e D)” e a resposta certa deverá ser falada em voz alta, através do microfone ligado ao seu computador: “A RESPOSTA É A ALTERNATIVA D)”, por exemplo. Obs: As perguntas e respostas sempre vão seguir os padrões grifados com as aspas (“ ”). •Para que tenhamos mais interatividade, o jogador terá que dizer em voz alta, através do microfone conectado ao seu computador, as perguntas escritas pelo demônio, pois assim, o jogo irá entender que você visualizou a pergunta feita, irá processar e, em seguida, escrever a resposta da forma citada acima. E com a resposta (uma das alternativas apresentadas), você também terá que dizer em voz alta através do microfone conectado ao seu computador. •Lembrando que, como o personagem principal tem conhecimento em Latim, as perguntas podem aparecer no respectivo idioma. Porém, se isso acontecer, o demônio irá traduzir a pergunta para o seu idioma, falando em voz alta. (E isso está incluído como fenômeno paranormal) •O jogo terá um sistema de sanidade mental, que funcionaria como uma espécie de vida para o personagem, iniciando com 100%, e diminuindo ao longo do tempo. Caso você presencie alguma atividade paranormal, fique na escuridão por algum tempo, tenha alguma manifestação do tabuleiro Ouija ou responda alguma pergunta de forma incorreta, a perda de sanidade será maior, e se chegar a 0%, o demônio matará o personagem instatâneamente. •Quanto menos sanidade, mais fenômenos irão acontecer e, consequentemente, mais rápido chegará a 0. Para retardar essa ocorrência, estaremos implementando pílulas, que funcionarão como remédios para aumentar parte da sanidade, e diminuir, temporariamente, a perda precoce da mesma. Ainda assim, mesmo com esse retardo, teremos crucifixo e água benta, que vão ajudar no mantimento temporário da sanidade atual, mesmo que ocorram fenômenos naturais. Depois de algum tempo, o crucifixo quebrará e se tornará inútil, e a água benta terá efeito imediato, porém durará apenas algum tempo. •No início da Gameplay, o personagem começará com uma vela acesa (uma das velas que foram usadas no uso do tabuleiro Ouija) e terá que tomar cuidado para a vela não apagar, seja por causa da tempestade fora da Igreja, seja por causa dos fenômenos paranormais. •Caso a vela seja apagada, por quaisquer dos motivos acima, não se preocupe! Nós fornecemos um isqueiro e uma lanterna, que estão pela Igreja. Mas tome cuidado! Como o isqueiro funciona com gás e a cada uso parte do gás é consumido, o isqueiro tem a quantidade de usos limitado. E a lanterna, como funciona a pilhas, caso acabe as que já estão nela, você pode encontrar outras pelo caminho. Se não conseguir encontrar, bom, você já sabe o que lhe aguarda... •As luzes dos cômodos podem ser acesas, ou apagadas caso o demônio intervenha ou caso a tempestade rompa os cabos de energia. (Caso as luzes sejam religadas sozinhas ou caso você as consiga ligar, logo depois que elas foram desligadas, com certeza foi o demônio. Ou seja, pode ser considerado um fenômeno paranormal.) •Caso as perguntas sejam respondidas da maneira correta, mais um efeito será adicionado na trilha sonora, deixando-a mais apavorante e, consequentemente, deixando o jogador com mais medo. •Um sistema de “Conquistas” será adicionado, para que o jogador sempre jogue buscando obter todas elas. •Se o jogador responder até 3 perguntas de forma incorreta, ele perderá uma quantidade aleatória de sanidade a cada resposta errada, podendo chegar a 0 instantâneamente, até a terceira resposta dada, e, consequentemente, morrendo por este motivo. •Caso o jogador consiga se manter vivo até o final (se ele não morrer imediatamente no primeiro, segundo ou terceiro erro) ou responda de forma correta todas as perguntas feitas, o exorcismo no demônio é feito e ele consegue salvar seu amigo. •Em algumas perguntas específicas, você pode interagir com o tabuleiro Ouija para obter a resposta. Obs: Mas lembre-se que você perderá sanidade ao fazer isso. •Ao ver as perguntas e respostas escritas, sua sanidade também cairá, já que, se não é você quem está escrevendo-as, quem será? (considerado fenômeno sobrenatural.) •Não necessariamente, se você ouvir algum ruído do ambiente, significa que seja algum fenômeno. Pode ser consequência da tempestade no ambiente externo. (Portas fechando, janelas batendo, sino tocando, trovões.) Obs: Gritos, soluços, risadas, choros, batidas na porta, portas trancadas (não tem como uma igreja abandonada ter portas trancadas) são considerados fenômenos.
    • By augustusdev
      Alguém tem um CPF para teste de API que possua muitos registros de cheque sem fundo, ou seja, que tenha CCF?
    • By throwaway1983
      Disclaimer: Eu não achei uma categoria melhor pra colocar isso, vou tentar manter breve. Eu preciso de algum tipo de orientação de alguém que sabe do que tô falando aqui. Se existir algum outro fórum/comunidade onde eu posso colocar isso, me indiquem por favor. Eu só tenho costume de usar SO, mas esse tipo de conteúdo não é muito benvindo por lá. E eu não posso dar muitos detalhes específicos, assinei um NDA junto com o contrato, então... E é textão. Alguém com tempo, por favor me dê uma ajuda.
       
      Primeira vez trabalhando como PJ, e primeira vez trabalhando em time - sempre fiz tudo sozinho, até alguns projetos "grandinhos".
       
      Esse projeto aparentemente é massivo, e depende de muitos dados de fontes diferentes, contando com diversos módulos que devem ser entregues dentro de certos prazos.
       
      No "time" estamos eu (desenvolvedor fullstack - júnior seria a denominação, não ficou claro), um líder técnico a quem eu respondo, e 2 consultores não técnicos mas que possuem domínio do negócio do cliente. Eu achei que mais pessoas participariam, e eles dizem que vão trazer mais programadores, não sei como anda isso.

      Comecei no dia 19/10/2020. Há um prazo pra entregar o primeiro módulo no dia 07/11/2020 (já estourou, não foi entregue, vou explicar o motivo), e logo no primeiro dia o líder disse que teríamos a ajuda de um cara temporário, um desenvolvedor feroz que faria toda a estrutura inicial, e nós depois só lidaríamos com os módulos individualmente. Então ele me pediu pra estudar uma certa lib pra me aclimatar com os componentes (lib baseada em React, nosso frontend). Na entrevista me pareceu tudo ótimo - frontend com react, backend com mongo/express. Até aí estava tudo dentro do combinado.

      Pensei que já existiria uma base de código, e que tudo estaria encaminhado com os especialistas que já teriam a base de dados necessária pros CRUDs acontecerem, e que uma metodologia seria empregada pra tudo andar bonitinho.... Engano meu:
       
      Minha primeira tarefa de fato seria o login e criação de usuários. Simpes, eu pensei. Eu já havia feito isso antes, usaria JWT pra criação de tokens e armazenamento inicial em session, não sei como eles gostariam que fosse. Mas a atividade me foi passada assim, por chat, bem rápido, sem muitas instruções.

      Não existia um repositório. Nenhum código havia sido feito. Com 3 semanas pra entrega do primeiro módulo.... Então criei uma organização privada no github e criei os projetos separados, backend e frontend, dentro dela. Adicionei o líder do projeto à organização... com uma conta que ele aparentemente tinha acabado de criar no github.

      Perguntei a ele como seria o deploy. Ele só me informou "Azure", então eu não detalhei muito, achei que ele saberia como fazer pra tirar do repo pra colocar em prod. Porém ele me pediu pra colocar online em algum lugar, pra ver como ficaria. Isso é normal, então usei heroku como backend pra API e netlify pro frontend, porque nos dois é questão de dar push e já publicar. Okay.

      Criei o modelo padrão de usuário com as informações que me foram mostradas em uma tela do Figma: cpf, perfil, etc. O modelo e esse módulo de login (e TODA a estrutura que não existia, como o layout e menu placeholder) estavam online pra verificarem, porém eu não implementei testes (nenhum, unitário, e2e, nada) porque eles queriam algo RÁPIDO, protótipozão mesmo. Mas ficou bonito, adequado, manualmente testável. Aparentemente o líder ficou tão satisfeito que resolveu não usar o outro desenvolvedor que teriam que contratar só pra esse módulo, ele acha que somente esse time daria conta... E eu ainda aguardando algum tipo de implementação de metodologia. Alguma estrutura pra dar andamento no projeto... Mas tava claro que esse é o tipo de projeto estilo "VAMO FAZENDO E VER O QUE DÁ".
       
      Então eu vi as telas sugeridas (via Figma) para o módulo, e os dados necessários. E começou a confusão: múltiplos dados de múltiplas coleções (ou "tabelas", como diria o líder, que claramente não entende os casos de uso de MongoDB e acha que é uma DB SQL diferente e só) interagindo num formulário com filtros redundantes/circulares, elementos (componentes da lib de componentes React que estamos usando) utilizados mais pela estética do que pela funcionalidade, falta de dados pra estabelecer uma funcionalidade simples.

      E o melhor estava por vir: o líder me pergunta se no MongoDB Atlas existe a funcionalidade de se criar "tabelas" pra preencher depois... E eu não tive a coragem de tentar explicar Modelos pra um cara que é líder tecnológico de um projeto desse tamanho. Eu só disse que seria melhor criar modelos e abastecer as coleções através dele pra ter consistência.... Mas o time tem..... PLANILHAS DE EXCEL!
       
      Eles pasasram os últimos 3 dias (isso bem depois do prazo inicial, nem sei se há uma extensão) juntando e migrando e formatando planilhas... pra transformar em JSON... e injetar diretamente em coleções, sem passar por modelos. E fizeram da pior forma possível, como se fosse uma base de dados SQL. Uma "tabela" pra listar anos. Anos. Uma sequência de anos, de 2018 até 2022. Em uma coleção própria. Com IDs. Coisas assim, pra serem usadas em um DropDown no frontend....
       
      Eu tô pulando várias coisas menores, pra tentar manter o conto um pouco menor. Coisas como o líder não saber do que tô falando quando me refiro ao state dos componentes, ou state geral da aplicação; não entender componentes funcionais de React; não entender os hooks básicos (useState, useEffect); achar que eu iria consultar o MongoDB diretamente do React, sem passar pela API...

      Eu não sou dev Senior, nem Pleno; estou lonnnnnnnnnnnnnnnnnnnge disso, mas pô! Eu preciso de alguém que verifique o código e entenda o que tá acontecendo e que me direcione a fazer a coisa de acordo com um certo padrão já existente, mas... Não há padrão! Não há divisão de trabalho no código porque ele ainda não deu nenhum pull, pelo que entendi.
       
      As "tabelas" estão incompletas, mas eles querem que  frontend funcione.... mas não há como obter funcionalidade e relação entre componentes que precisam de certos dados SEM OS DADOS!

      Ugh, eu sempre imaginei que trabalhar num time seria um pouco mais intenso que trabalhar sozinho, mas parece que eu simplesmente tô trabalhando sozinho com uma mão amarrada nas costas! É sempre assim? Ou seria esse time em particular? Ou será que EU não sirvo pra trabalhar em time? Eu fico lendo quase diariamente o meu contrato assinado confirmando que existe a cláusula de encerramento mediante aviso prévio; e já tenho o modelo pronto aqui, bastando alterar a data pra bater com o dia correto.

      TL;DR: Devo entregar a notificação de Rescisão de Contrato de Prestação de Serviços? Ou devo perseverar e aguardar?

      Obrigado.
×

Important Information

Ao usar o fórum, você concorda com nossos Terms of Use.