Jump to content

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Rogério Guerreiro

Sobre Pedidos de "Ajuda"

Recommended Posts

Desenhistas sempre recebem pedidos de "ajuda", os quais podem ser resumidos na frase: "Faz esse desenho pra mim". É um problema antigo e, enquanto ele não for analisado, vai continuar acontecendo. Daí eu estar escrevendo este tópico, a fim de esclarecer as pessoas. Para encurtar o assunto, precisarei ser direto, espero que ninguém se ofenda.

Primeiro, o que essas pessoas pedem não é ajuda e sim um serviço. Um trabalho. Sendo um trabalho, não tem cabimento elas quererem que ele seja feito de graça... exceto se for para fins de caridade. E caridade legítima, claro, para ajudar quem de fato precisa.

Você já deve ter ouvido aquela teoria: "as pessoas devem trabalhar no que gostam", não é? Mas para se trabalhar no que gosta, é necessário receber dinheiro por isso... do contrário, como é que a pessoa vai se manter? Logo, o desenhista precisa cobrar, é uma consequência lógica.

Como qualquer um, os artistas tem contas para pagar. Essas dívidas não podem ser pagas com favores, nem com desenhos: tem que ser com dinheiro. E os credores não vão me dar um desconto, nem deixar de cobrar só por eu ser um artista...

 

Acho que o ponto está bem claro e não sinto necessidade de ir além... mas quem quiser discutir o assunto, esteja à vontade.

Veja também: Sobre Créditos

Share this post


Link to post
Share on other sites

detalhe: e essas mesmas pessoas que receberam "ajuda", são as que mais vão desvalorizar os artistas.

 

Justamente... e os desenhistas mais novos geralmente não tem consciência de nada disso, daí a necessidade de explicar a eles. Esse esquema de fazer "digrátis" ou a "preço de bolacha" detona qualquer profissão.

 

Um exemplo: há muitos desenhistas de quadrinhos de talento no Brasil mas o mercado nacional é escasso. Experimentem perguntar para o povão na rua sobre o assunto: a maioria só vai citar o nome de Maurício de Souza. Nada contra ele, claro... mas, desde que o Maurício entrou no mercado até a data de hoje, já era pra situação do quadrinho nacional ter avançado, não?

 

E não avançou. Temos ótimos desenhistas brasileiros trabalhando para a Marvel e DC Comics porque eles não conseguiriam ganhar dignamente trabalhando no seu próprio país...

 

 

Hinom: Ótimo esse vídeo. Simples e direto.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

Essas "ajudas" é estupro profissional e pessoal.

Já comentei em algum outro tópico, pior que isso, é o sujeito pedir para colocar a assinatura dele lá para impressionar alguém, assumindo a autoria do trabalho.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hoje encontrei esta postagem do site The Candy Jar, batizada ironicamente de "Simple Illustration" (sim, é o equivalente à frase "simples desenho", que tanto ouvimos falar no Brasil! rsrs).

Em resumo, o artigo fala sobre duas "ofertas": a primeira, onde queriam pagar duas ilustrações por 25 dólares e a segunda oferecia... 10 dólares por um minuto de animação! Dá pra acompanhar o texto razoavelmente pelo tradutor do Google. Chamo atençao para este trecho:

"Lembre-se que você tem uma habilidade, você gastou tempo aprimorando essa habilidade e merece ser adequadamente pago por esse tempo e esforço."

Outra coisa interessante mencionada ali é o The Graphic Artists Guild Handbook: Pricing & Ethical Guidelines, um manual para orientar artistas e designers sobre preços e questões éticas.

 

Infelizmente esse livro não teria muito serventia para nós, pois leva em conta a realidade do mercado americano e não do nosso... mas mostra como eles estão mais avançados em relação aos brasileiros, que ainda perdem tempo discutindo se "desenhar é um dom"...

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

×

Important Information

Ao usar o fórum, você concorda com nossos Terms of Use.