Jump to content

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

João Batista Neto

Construindo uma rede social

Recommended Posts

@João Batista Neto - Peço que ajuste essas considerações, de acordo com o seu julgamento, ao post inicial do tópico, para que todos possam entender do que se trata.

 

Seguem algumas dicas de implementação (ideias) para uma aplicação desse tipo:

1. Autenticação de Usuários e Perfis

 

Uma das partes mais importantes (se não a mais importante) da aplicação. A implementação, linguagem a ser utilizada e/ou método de desenvolvimento são tópicos a serem discutidos na sequência do planejamento, mas devemos ter em mente a base para o início de tudo.

 

Temos que pensar nas diversas possibilidades que os usuários irão encarar frente à aplicação:

 

  • Quantos níveis de acesso teremos em nosso modelo de usuários?
  • Quais as reais necessidades de termos diferenciados níveis de acesso?
  • Se tivermos, como será a distribuição destes acessos? Por nível de participação dos usuários? Nível de profissionalismo?
2. Convites

Por mais que a nossa ideia tenha um propósito central bem definido, não adianta negar: os convites são o coração de toda a rede social. Os sistema de convites tem inúmeros objetivos pré-definidos, tais como a tentativa de valorização dos usuários já ativos na rede e outras mais.

 

Precisamos gastar mais tempo de nossa discussão inicial sobre esta parte do desenvolvimento como um todo.

 

3. Algorítimo de Recomendação

 

De diversas formas, um algorítimo de recomendação (seja ele voltado para a própria aplicação, seus usuários ou para as mensagens compartilhadas) é interessante para a aplicação. Seguem algumas indagações para adicionarmos à discussão atual:

 

  • Quais as vantagens e desvantagens de utilizarmos um sistema de recomendação para as mensagens compartilhadas, os usuários e/ou a própria aplicação?
  • Quais os impedimentos que os desenvolvedores enfrentarão para implementar algo desse cunho?
  • Qual o impacto que esse tipo de implantação terá na parte de planejamento e modelagem do projeto?
4. Atualização de Status

Como toda e qualquer - boa - rede social, temos que mantê-la viva durante os momentos em que os usuários não estiverem compartilhando mensagens. Isso significa, efetivamente, ter que modelar um sistema de atualização de status, seja ele da complexidade que for.

 

  • Qual a maneira de implementar tal estrutura?
  • Como a aplicação deve se comportar perante a esta funcionalidade?
5. Mensagens Pessoais

 

É muito importante que os usuários tenham o mínimo sequer de privacidade. A melhor maneira de garantir isso é implementando um sistema de mensagens pessoais.

 

6. Diversas Maneiras de Apresentar o Conteúdo ao Usuário

É neste ponto que a aplicação se destacará para com os usuários. A implementação de um modelo amplo de apresentação do conteúdo para esses usuários é algo estritamente necessário de ser pensado.

 

  • Exibir mensagens enviadas nos últimos 7 dias
  • Exibir mensagens enviadas por amigos nos últimos 10 dias
  • Exibir mensagens enviadas nos últimos 7 dias por assunto
É evidente que estes são exemplos de implementação.

 

A discussão sobre essa implementação é, não só pertinente, mas necessária.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sou designer de interfaces (user experience para web), espero LOGO pelo processo de branding para que eu possa realmente 'botar a mão na massa'.

 

Todos os meus pontos/idéias falo como utilizador de redes sociais;

 

0. Lançamento

 

Sería bacana enviar convites para user-evangelists, um período antes do início de fato da rede social. A grande falha da maioría das redes sociais é que você se cadastra nela porém não tem com quem interagir, não tem conhecídos. Sería bacana pensar a respeito.

 

1. Cadastro - Perfis -

 

Não acredito que o cadastro seja necessariamente detalhado. Até pq nosso público alvo não será O POVÃO. O fato de precisar ser convidado, ao menos no início, diminuirá substancialmente o número de vadios. È bom lembrar que cada discussão terá um MODERADOR (criador da discussão), ele poderá excluir mensagens e users.

 

 

È importante notar que cada usuário deve ter um perfil, o mínimo que seja, o membro deve ter um perfil.

[Nome | Site | Perfil | Histórico (na rede)]

 

 

 

CONCORDO: "A discussão sobre essa implementação é, não só pertinente, mas necessária."

 

PS.: È necessário que todas as idéias colocadas sejam discutídas. Eliminadas ou aceitas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quantos níveis de acesso teremos em nosso modelo de usuários?

 

Quanto aos níveis de acesso, penso em ACL, é o método mais eficiente para essa situação, poderíamos utilizar Capability, mas penso que ACL é melhor para esse caso.

 

Com operações binárias, conseguimos definir quantos níveis de permissões forem necessárias.

 

Quais as reais necessidades de termos diferenciados níveis de acesso?

 

Durante uma discussão qualquer, podem existir necessidades por parte de um "gerente de projeto", do "cliente" ou da "empresa" em se definir quem pode ou não executar determinada operação.

 

Se não tivermos um sistema de privilégios, uma discussão pode virar uma balbúrdia.

 

Se tivermos, como será a distribuição destes acessos? Por nível de participação dos usuários? Nível de profissionalismo?

 

O criador da discussão, no ato dos convites, definirá o que cada convidado poderá ou não fazer.

 

Por mais que a nossa ideia tenha um propósito central bem definido, não adianta negar: os convites são o coração de toda a rede social. Os sistema de convites tem inúmeros objetivos pré-definidos, tais como a tentativa de valorização dos usuários já ativos na rede e outras mais.

 

Concordo, é indiscutível que precisamos definir como será a logística de divulgação e participação.

 

3 pessoas separam qualquer pessoa de qualquer outra pessoa, precisamos pensar em como unir essas pessoas.

 

Quais as vantagens e desvantagens de utilizarmos um sistema de recomendação para as mensagens compartilhadas, os usuários e/ou a própria aplicação?

 

Para as mensagens, não vejo necessidade, para os usuários pode ser importante.

 

Como disse, amanhã podemos ter um cliente procurando uma empresa para desenvolver uma aplicação, uma campanha ou o design de um produto, com um sistema de recomendação facilitaremos a busca desse cliente.

 

Sem contar que, com o sucesso da aplicação, poderão aparecer custos.

 

Com um sistema de recomendação, podemos trabalhar num futuro com "perfis patrocinados" e, consequentemente, gerar receita.

 

Quais os impedimentos que os desenvolvedores enfrentarão para implementar algo desse cunho?

 

Se a pergunta estiver relacionada com "impedimentos técnicos", como eu disse antes, eles são irrelevantes;

 

Qual o impacto que esse tipo de implantação terá na parte de planejamento e modelagem do projeto?

 

Nenhum, basta que tenhamos em mente que teremos um sistema de recomendação na hora de modelar a aplicação.

 

Como toda e qualquer - boa - rede social, temos que mantê-la viva durante os momentos em que os usuários não estiverem compartilhando mensagens. Isso significa, efetivamente, ter que modelar um sistema de atualização de status, seja ele da complexidade que for.

  • Qual a maneira de implementar tal estrutura?
  • Como a aplicação deve se comportar perante a esta funcionalidade?

Bom, a implementação é bastante simples, o comportamento já é outra história.

 

Precisamos separar o que é status e o que é discussão e deixar claro para os usuários o objetivo de cada recurso, penso que esse seja um trabalho para o pessoal de design de interação. Uma boa interface de usuário, bem planejada, será capaz de deixar claro o que é cada recurso.

 

É indiscutível que, ao término do primeiro beta, precisaremos fazer alguns ciclos de testes de usabilidade e, para isso, precisaremos de algumas pessoas para testar a navegação e os recursos.

 

É muito importante que os usuários tenham o mínimo sequer de privacidade. A melhor maneira de garantir isso é implementando um sistema de mensagens pessoais.

 

Será ?

 

Não consigo pensar em uma real necessidade disso.

 

É neste ponto que a aplicação se destacará para com os usuários. A implementação de um modelo amplo de apresentação do conteúdo para esses usuários é algo estritamente necessário de ser pensado.

Exibir mensagens enviadas nos últimos 7 dias

Exibir mensagens enviadas por amigos nos últimos 10 dias

Exibir mensagens enviadas nos últimos 7 dias por assunto

 

Bom, acho que isso também ficaria a cargo do pessoal de interação e usabilidade.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu gostei da sugestão do nome Until, aiomis. Fácil para pronunciar e tem um significado bacana (:

 

João, no perfil do usuário terá todos os grupos de discussão que o usuário está participando ou abriu? Vamos supor, no orkut eu tenho algumas comunidades onde entrei, no nosso software será os grupos de discussão em aberto ?

 

Esses grupos poderão ser fechados por quem criou ? Ou por inatividade dos participantes ?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu gostei da sugestão do nome Until, aiomis. Fácil para pronunciar e tem um significado bacana (:

 

João, no perfil do usuário terá todos os grupos de discussão que o usuário está participando ou abriu? Vamos supor, no orkut eu tenho algumas comunidades onde entrei, no nosso software será os grupos de discussão em aberto ?

 

Esses grupos poderão ser fechados por quem criou ? Ou por inatividade dos participantes ?

 

É uma opção. É legal pois assim ele se mantém informado de mensagens respondidas. Algo como o sistema do IPB que da um destaque para tópicos com novas respostas.

 

A questão de se fechado acho que pode ser liberado, só não pode excluir.

 

 

Temos que definir também algumas normas de utilização. Por exemplo, sobre qual tipo de conteúdo pode ser falado? Teremos um bloqueio para certas palavras como ocorre com o IPB?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pessoal, para diferenciar a rede, e torna-la mais singular, que tal torna-la mais focada, e ao invés de seguir "Mensagens", seguir "Idéias"?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pessoal, para diferenciar a rede, e torna-la mais singular, que tal torna-la mais focada, e ao invés de seguir "Mensagens", seguir "Idéias"?

 

frank, defina "seguir ideias"

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Pessoal, para diferenciar a rede, e torna-la mais singular, que tal torna-la mais focada, e ao invés de seguir "Mensagens", seguir "Idéias"?

 

frank, defina "seguir ideias"

 

Achei muito legal a sua ideia de seguir mensagens, ao inves de pessoas, pois varias pessoas poderiam ver e comentar sobre a mensagem, sem se preocupar e adicionar essa ou aquela pessoa. Mas acho que junto a isso, seria legal, se ao inves de postar e compartilhar simples mensagens aleatórias e sem sentido, tal como "hj, ao chegar na empresa, resbalei no piso molhado".

Comentar essa frase seria como comentar um post de blog, uma noticia, ou uma foto do orkut. Mas comentando Ideias seria semelhante a uma comunidade, onde as pessoas seguiriam a ideia em si, e se comunicariam com que compartilha-se da mesma ou pensasse da mesma maneira.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Opa, eu ia dizer a mesma coisa....

 

Bom, estou aguardando a decisão! :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os usuarios poderiam, alem de comentar, agregar conteudo a essas ideias, como fotos, reportagens, artigos, links, algo patrocinado...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Achei muito legal a sua ideia de seguir mensagens, ao inves de pessoas, pois varias pessoas poderiam ver e comentar sobre a mensagem, sem se preocupar e adicionar essa ou aquela pessoa. Mas acho que junto a isso, seria legal, se ao inves de postar e compartilhar simples mensagens aleatórias e sem sentido, tal como "hj, ao chegar na empresa, resbalei no piso molhado".

Comentar essa frase seria como comentar um post de blog, uma noticia, ou uma foto do orkut. Mas comentando Ideias seria semelhante a uma comunidade, onde as pessoas seguiriam a ideia em si, e se comunicariam com que compartilha-se da mesma ou pensasse da mesma maneira.

 

Os usuarios poderiam, alem de comentar, agregar conteudo a essas ideias, como fotos, reportagens, artigos, links, algo patrocinado...

 

Certo, frank, a princípio eu gostei muito da sua ideia.

 

Mas, como funcionaria isso ?

 

Como um membro seguiria uma ideia ?

 

O que definiria uma ideia ?

 

Por exemplo, um cliente tem um projeto, eu sou uma empresa de desenvolvimento com N profissionais.

 

Abro uma discussão "brainstorm" convido o cliente e os profissionais que participarão do projeto à participarem dessa discussão.

 

Como eu definiria que essa discussão faz parte de uma ideia específica para que outros possam segui-la também ?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa noite,

 

A principio a ideia que sugeri, iria funcionar da maneira como esta sendo descrito,

 

Minha visao inicial de "ideia": "Serial legal se os carros não gastassem combustivel".

 

Essa ideia seria divida em titulo(indexado em um sistema de busca), e breve descrição.

 

O criador, e participantes, poderiam convidar outros membros para participar da ideia.

Os participantes inscritos poderiam comentar, na forma de texto, seus pontos de vista e opinioes em volta daquele tema. Opcionalmente poderia haver uma seção para agregar algum fato, noticia, link, que tivesse coerencia e agregasse valor ao tema.

 

Pessoas de fora, poderiam atraves da busca, pesquisar algo relativo a algum tema que queira discutir, opinar, ou apenas ler, tema esse que seriam as palavras chave da ideia.

 

Minha visão seria colocar essa rede social, dentro de um contexto mais acessível, fácil e disponível a pessoas de varias classes e culturas.

 

Seria uma rede com o propósito de sugerir, melhorar, discutir e principalmente movimentar idéias e opniões. Poderia inclusive formar, de certa forma, uma base de conhecimento. Sistema esse já presente em fóruns, blogs, orkut, mas apresentado de forma mais direta e simples.

 

Acho que algo nesse sentido teria bastante futuro, e gostaria de os colegas do fórum dessem suas opiniões.

 

Obrigado,

Share this post


Link to post
Share on other sites

Seria uma rede com o propósito de sugerir, melhorar, discutir e principalmente movimentar idéias e opniões. Poderia inclusive formar, de certa forma, uma base de conhecimento. Sistema esse já presente em fóruns, blogs, orkut, mas apresentado de forma mais direta e simples.

 

Hummm,

 

Se entendi, seria alguma coisa assim:

 

Imagem Postada

Share this post


Link to post
Share on other sites

Show a idéia

 

muito boa diagramação João.

 

 

Gostei muito mesmo. Com certeza é algo novo e poderá até servir como fonte de novos projetos. Vejo esta rede social como intermediaria para projetos :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

João estou aqui para ajudar e também tentar aprender um pouco.

 

1-) Alguém poderia me ajudar a decifrar o significado desse diagrama não precisa explicar nos detalhes apenas assim uma parte, pelo que entendi o cliente vai ser dono do projeto, e o projeto vai fornecer idéias e mensagens que posteriormente o participante vai ter opções de seguir as idéias e mensagens?

2-) Que programa eu utilizo para criar esse diagrama e também um diagrama de bloco para programação alguém tem alguma ideia?

 

:P

Share this post


Link to post
Share on other sites

1-) Alguém poderia me ajudar a decifrar o significado desse diagrama não precisa explicar nos detalhes apenas assim uma parte, pelo que entendi o cliente vai ser dono do projeto, e o projeto vai fornecer idéias e mensagens que posteriormente o participante vai ter opções de seguir as idéias e mensagens?

 

André, cada linha do diagrama significa associação,

 

Pense em um projeto como um modelo conceitual de "ideia", cada projeto poderá ter N ideias relacionadas que são dadas por algum participante.

 

Cada ideia terá 1 ou N mensagens, que poderão ser discutidas por N participantes que "apoiam" a ideia.

 

Apesar de definido, explicitamente, um participante cliente, ele não tem nada de diferente de um outro participante qualquer, então:

 

1. Um participante (chamado cliente) possui um projeto.

2. Um participante (chamado empresa ou freelancer) assume o projeto para desenvolver um produto.

3. Um participante (chamado desenvolvedor), associado ao participante empresa ou associado diretamente ao cliente, dá uma ideia ao projeto.

4. Qualquer participante pode abraçar a ideia e começar a segui-la.

5. Todas as ideias podem ter discussões relacionadas, com o objetivo comum de fechar o projeto.

 

2-) Que programa eu utilizo para criar esse diagrama e também um diagrama de bloco para programação alguém tem alguma ideia?

 

http://forum.imasters.com.br/public/style_emoticons/default/seta.gif Nesse diagrama foi utilizado o Eclipse, é free, open-source e multiplataforma.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ok pessoal, ideias postadas até agora, se esqueci de alguma, por favor avisem para adicioná-la à lista:

 

Cadastro e perfil do usuário:

Nome de usuário.

Nome real.

Senha.

Email.

Site pessoal (apenas link).

Avaliação (dado por outros usuários).

Status (Estilo qualquer rede social). (Será necessário gravar um histórico dos status, igual outras redes ?)

Ideias sendo seguidas.

Ideias iniciadas (somente leitura, quantidade de ideias que o usuário iniciou).

Máximo de ideias (define quantas ideias um usuário pode iniciar).

Será importante agora no inicio, vamos limitar a quantidade por uma série de questões, inclusive infra.

 

Caixa de mensagens (mensagens pessoais, enviada diretamente por outros membros).

A caixa de mensagens será derivada de uma "ideia", porém de visibilidade privada. Isso garantirá que não tenhamos que desenvolver um mecanismo específico para esse fim.

 

Ideias:

Título da Ideia.

Descrição da Ideia.

Tags da ideia.

Visibilidade da ideia (define se qualquer um pode segui-la ou se precisará de convite).

Permissões da ideia (o que o dono, grupos e os outros podem ou não fazer).

Associação com outras ideias (podemos ter um encadeamento de sub-ideias).

Grupos de discussão (possibilidade, mas não necessidade, de se definir grupos de discussão).

Discussão relacionada à ideia (mensagens).

 

Grupos (Mecanismo de agrupamento de participantes em torno uma ideia):

Nome do grupo.

Descrição do grupo.

Tags do grupo.

Participantes.

 

Mensagem:

Autor da mensagem.

Data da mensagem.

Tags da Mensagem.

Corpo da mensagem (existirá limite de caracteres ?).

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

×

Important Information

Ao usar o fórum, você concorda com nossos Terms of Use.